CARNE DE SIRI COMO VEÍCULO NA DISSEMINAÇÃO DE ENTEROPATÓGENOS RESISTENTES AOS ANTIMICROBIANOS

  • Norma Suely Evangelista-Barreto Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
  • Adriana Freitas Pereira Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
  • Rebeca Ayala Rosa da Silva Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
  • Luiza Teles Barbalho Ferreira Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
Palavras-chave: boas práticas de manipulação, coliformes, pescado, segurança alimentar.

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade microbiológica da carne de siri processada e comercializada em Maragogipe, Bahia, através da quantificação do grupo dos coliformes e a presença de Salmonella spp., bem como avaliar o perfil de suscetibilidade antimicrobiana dos microrganismos isolados. As mãos dos manipuladores também foram analisadas quanto à presença de Salmonella. O Número Mais Provável por grama (NMP.g-1 ) de coliformes a 35°C variou de 4,5 a 16.000 e para os coliformes a 45°C de <1,8 a 1.100, onde 16,7% das amostras excederam o limite previsto por lei. Escherichia coli foi observada em 50,0% das amostras. Salmonella spp. foi isolada em 8,3% nas amostras de siri e em 15,4% nas mãos dos manipuladores. Escherichia coli foi suscetível a todos os antimicrobianos testados, enquanto Salmonella spp. apresentou sensibilidade à maioria dos antimicrobianos usados e perfil de multirresistência aos antimicrobianos tetraciclina e nitrofurantoína (amostras de siri) e à ampicilina e cefalotina (amostras dos manipuladores). A carne de siri catado comercializada em Maragogipe, Bahia não é um alimento seguro do ponto de vista da saúde pública, visto que pode veicular estirpes bacterianas resistentes a diferentes antimicrobianos comerciais.

Biografia do Autor

Norma Suely Evangelista-Barreto, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
Adriana Freitas Pereira, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
Rebeca Ayala Rosa da Silva, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
Luiza Teles Barbalho Ferreira, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
Publicado
2014-02-06
Seção
Artigo