NÃO DÁ PRA VIVER SEM LINGUAGEM

  • Beto Vianna Universidade Federal de Sergipe

Resumo

Este texto traz algumas reflexões sobre o espaço relacional do humano eoutros seres vivos, e sobre as distinções que fazemos na (e sobre a) linguagem, tanto nodiscurso científico quanto em nosso dia a dia.
Publicado
2015-05-25
Seção
Curiando pelos múltiplos saberes