Quadrinhosofia

uma proposta metodológica para a classificação conceitual das histórias em quadrinhos quanto à sua abordagem filosófica

Palavras-chave: Filosofia Histórias em Quadrinhos, Representação Temática - HQ

Resumo

Tomando por referência a base conceitual criada pelo filósofo Matthew Lipman (1922-2010), que desenvolveu uma tipologia de textos filosófico-literários, desenvolvemos uma classificação conceitual de histórias em quadrinhos em distintas categorias, de acordo com sua proposta filosófica. A partir das quatro divisões conceituais, inicialmente propostas por Lipman, adaptamos as três primeiras ao cenário específico das HQs, suprimindo a quarta, por considerá-la inadequada para nossa proposta. Desenvolvemos então outras três categorias, possibilitando, assim, seis categorias conceituais para a classificação das histórias em quadrinhos quanto à sua abordagem filosófica: 1. Histórias em quadrinhos de filosofações; 2. Histórias em quadrinhos a partir de um ponto de vista filosófico específico; 3. Histórias em quadrinhos com perspectiva filosófica específica; 4. Comentário filosófico (análise de autor/sistema) em histórias em quadrinhos; 5. História da Filosofia em quadrinhos; e 6. Filosofia em quadrinhos.

Biografia do Autor

Edgar Indalecio Smaniotto, Associação de Pesquisadores em Arte Sequencial - ASPAS

Doutor em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista - UNESP/Marília (2012). Membro da
Associação de Pesquisadores em Arte Sequencial ASPAS, do Centro de Educação Transdisciplinar
CETRANS, da Associação Brasileira de Antropologia ABA, e da Sociedade Brasileira para o Progresso da
Ciência SBPC. LATTES ID: http://lattes.cnpq.br/8264700030420015. 

Referências

ALVES, Rubem. A Montanha Encantada dos Gansos Selvagens. São Paulo: Paulus, 1999.
ALVES, Rubem. O escorpião e a rã. São Paulo: Loyola, 1997.
ANDRAUS, Gazy. Pensamento Criativo (Entrevista). Revista Filosofia: Conhecimento Prático. São Paulo: Escala, 2011. nº 31.
BANDEIRA, Daslei. O Escudo Manchado: um herói em tempo de guerra. João Pessoa: Marca de Fantasia, 2007. ISBN 978-85-67732-87-9.
BARBOZA, Jair. Em favor de uma boa qualidade de vida. In: SHOPENHAUER. Aforismos para a Sabedoria de Vida. São Paulo: Folha de S. Paulo, 2015. ISBN: 9788581932446.
DEL RIO, Eduardo. Conheça Marx: teoria e política em quadrinhos. São Paulo: Proposta Editora, 1981.
DIAS, Jorge. Filosofia Aplicada à Vida. Lisboa: Ésquilo, 2006.
DOXIADIS, A.; PAPADIMITRIOU, Christos H.; PAPADATOS, Alecos. Logicomix: uma jornada épica em busca da verdade. São Paulo: Martins Fontes: São Paulo, 2010.
FOLSCHEID, Dominique; WUNENBURGER, Jean-Jacques. Metodologia Filosófica. Trad. Paulo Neves. 3ª Ed. São Paulo: Martins Fontes, 2006. ISBN: 9788578277505.
GAARDER, Jostein. Ei! Tem alguém aí? São Paulo: Companhia das Letras, 1997.
GAARDER, Jostein. O Dia do Coringa. Trad. João Azenha Jr. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.
GAARDER, Jostein. O Mundo de Sofia: romance da história da filosofia. Trad. João Azenha Jr. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.
GHIRALDELLI JR, Paulo. Sócrates pensador e educador: a filosofia do conhece-te a ti mesmo. São Paulo: Cortez, 2015. ISBN 978-85-249-2354-8.
GOYA, Will. A força espiritual da palavra no diálogo da Filosofia Clínica. In: Filosofia Clínica e espiritualidade. Ronaldo M. da Silva e Will Goya (org.). Porto Alegre: Editora Mikelis, 2018.
GUEDES, Roberto. O Incrível Steve Ditko. São Paulo: Editora Noir, 2019.
HADOT, Pierre. Exercícios Espirituais e Filosofia Antiga. Trad. Flavio Fontenelle Loque e Loraine Oliveira. São Paulo: É Realizações Editora: 2014.
LIPMAN, Matthew. NATASHA: Diálogos Vygotskianos. Trad. Lólio Lourenço de Oliveira. Porto Alegre: Artes Médicas, 1997.
MARCENARO, Rodolfo. Manifesto Comunista em Quadrinhos. São Paulo: Editora Versus, 1979.
MARINIFF, L. Mais Platão, Menos Prozac: A Filosofia Aplicada ao Cotidiano. Trad. Ana Luiza Borges. São Paulo: Editora Record, 2013.
MESSNER-LOEBS, William. Epicuro, o sábio. São Paulo: Conrad Editora, 2007.
MOORE, Alan. A Saga do Mostro do Pântano. Barueri: Panini, 2014. (seis volumes)
MOORE, Alan. V de Vingança. Barueri: Panini, 2012.
MORAES, João Quartim de. Filosofia com Humor. In: MESSNER-LOEBS, William. Epicuro, o sábio. São Paulo: Conrad Editora, 2007.
MORRISON, Grant. Homem-Animal: O Evangelho do Coiote. Barueri: Panini, 2015.
PACKTER, Lucio. Filosofia Clínica: Propedêutica. Porto Alegre: AGE, 1997.
PATRICE, Louinete. A Era de Conan o Cimério. In: Conan, o Bárbaro. Trad. Alexandre Callari. São Paulo: Évora, 2012.
PLOECKINGER, K.; WOLFRAM, G. O Capital em Quadrinhos. São Paulo: Editora Escrita, 1984.
SAUTET, Marc. Um Café para Sócrates. Trad. Vera Riveiro. Rio de Janeiro: Editora José Olympio 2012.
SEVERO, Luísa. Origem e natureza dos nomes: o Crátilo de Platão. In: ROCHA, Arlindo Nascimento (org.). Entretextos: coletânea de textos acadêmicos. Rio de Janeiro: PoD, 2017.
p. 153-180. ISBN 978-85-8225-134-8
SMANIOTTO, Edgar Indalecio. A "Mansão X" e a "Escola do Jardim": uma leitura epicurista dos X-Men. In: Michel Silva. (Org.). Para Além dos X-Men: embates e representações do universo mutante. São Paulo: Todas as Musas, 2018. p. 35-52. ISBN 978-85-9583-030-1.
SMANIOTTO, Edgar Indalecio. Diálogos Vygotskianos: apropriação do pensamento de Vygotsky por Lipman. In: II Simpósio de Ciências Aplicadas da FAIP -V. I. Anais... Garça/SP: Editora FAEF, 2011. p. 307-312.
SMANIOTTO, Edgar Indalecio. Por uma antropologia do ciberpajé: misticismo e transcendência tecnológica na obra ficcional transmídia de Edgar Silveira Franco. VII Simpósio Nacional de História Cultural - história cultural: escritas, circulação, leituras e recepções. Universidade de São Paulo USP, São Paulo SP: 10 e 14 de novembro de 2014. Anais... Disponível em: http://www.edgarsmaniotto.com.br/por-uma-antropologia-dociberpaje-misticismo-e-transcendencia-tecnologica-na-obra-ficcional-transmidia-de-edgarsilveira-franco/. Acesso em 20 fev. 2020.
TEIXEIRA, João de Fernandes. A Mente Pós-Evolutiva. Petrópolis, RJ: Vozes, 2010.
Publicado
2020-11-11