De Webtoons a K-dramas

as adaptações de manhwas e as tendências lançadas pela Korean Wave

  • Natania Aparecida da Silva Nogueira Prefeitura Municipal de Leopoldina - Secretaria Muncipal de de Educação
Palavras-chave: Cultura Pop, Histórias em Quadrinhos, Korean Wave, K-Pop

Resumo

Dentro da Korean Wave, os manhwas são um dos produtos culturais que estão sendo levados para outros países, algumas vezes confundidos com os mangás japoneses. São narrativas sequenciais gráficas, com linguagem híbrida de texto e imagem, com diferenças verificáveis nas metáforas visuais e enredos. A Korean Wave é um fenômeno Cultural do séc. XXI, que se encaixa dentro de um quadro geral da globalização, no qual artefatos culturais assumiram um papel importante tanto para a economia quanto para a sociedade de dado país ou região. Esse artigo apresenta aspectos da Korean Wave ou Hallyu (onda coreana), que pode ser resumido na expansão de múltiplos aspectos da cultura sul-coreana para as mais diversas regiões do mundo. Apresentam-se como fonte de leitura e entretenimento, sobretudo infanto-juvenil, devido ao seu acesso facilitado, por meio dos smartphones, assim como os temas atualizados e de interesse para a juventude, em nível global. Conclui que o fenômeno da leitura sofre profundas alterações, e requer estudos no campo cultural, particularmente aqueles que optam pela interdisciplinaridade, necessários para absorver as mudanças que vêm sendo operadas tanto nas relações humanas quanto na produção de conhecimento.

Biografia do Autor

Natania Aparecida da Silva Nogueira, Prefeitura Municipal de Leopoldina - Secretaria Muncipal de de Educação

Dourora em História pela UNIVERSO (2022). LATTES ID: http://lattes.cnpq.br/7390818109682435. ORCID
ID: https://orcid.org/ 0000-0003-3765-7420.

Referências

DRAMAS Of 2020 Based On Webtoon. Kpopmap, Dec. 21, 2020. K-Drama Stories. Disponível em: https://www.kpopmap.com/19-dramas-of-2020-based-on-webtoon/. Acesso em: 2 ago. 2020.

Exhibit in Angoulême from the perspective of the Manga Studies. Orientaliska Studier,

Stockholm, n. 147, p. 143-170, 2016. Disponível em:

https://orientaliskastudier.se/tidskrifter/147/. Acesso em: 21 ago. 2020.

BURKE, Peter. Hibridismo Cultural. São Leopoldo: Editora Unisinos, 2003.

ELFVING- -

outside Asia. Korean Histories, v. 4, n. 1, p. 14-26, 2013. Disponível em:

https://www.researchgate.net/publication/299978296. Acesso em: 23 ago. 2020.

JIN, Dal Yong. -

Transmedia Storytelling. International Journal of Communication, Los Angeles, CA, v.

, p. 2094-2115. 2019. Disponível em:

https://ijoc.org/index.php/ijoc/article/view/10004/2647. Acesso em: 22 jun. 2020.

JULY Found By Chance. Anime Tokoyo, Apr. 21, 2020. Disponível em:

https://animetokoyo.home.blog/2020/04/21/july-found-by-chance/. Acesso em: 24 ago. 2020.

KOZHAKHMETOVA, Dinara. Soft Power of Korean Popular Culture in Japan: K-Pop

in Asian Studies, Centre for East and South-

East Asian Studies, Lund University, Lund, 2012. Disponível em:

http://www.lunduniversity.lu.se/lup/publication/3460120. Acesso em: 20 ago. 2020.

LEE, Narae; PARK, Kyungran. Women on Manhwa: The Future of Korean Comics. The

Korea Society, New York, NY, Nov. 16, 2018. Disponível em:

https://www.koreasociety.org/arts-culture/item/1224-women-on-manhwa-the-future-of-

korean-comics. Acesso em: 20 ago. 2020.

LEE, Sue Jin. The Korean Wave: The Seoul of Asia. The Elon Journal of Undergraduate

Research in Communications, Elon, NC, v. 2, n. 1, p. 85-93, Spring 2011. Disponível em:

https://www.elon.edu/u/academics/communications/journal/wp-

content/uploads/sites/153/2017/06/09SueJin.pdf. Acesso em: 20 ago. 2020.

LEE, Sunyoung. The Koreans Are Coming: Manhwa in America. Publishers Weekly, New

York City, NY, Jan. 2nd, 2007. Disponível em: https://www.publishersweekly.com/pw/by-

topic/industry-news/comics/article/11971-the-koreans-are-coming-manhwa-in-america.html.

Acesso em: 21 ago. 2020.

LOUREIRO, Maria Inês Madureira. Cultura Sul-Coreana em Portugal: O Efeito da

Escola de Sociologia e Políticas Públicas,

Cajueiro, Aracaju, v. 3, n. 2, p. 235-265, maio/nov. 2021. E-ISSN: 2595-9379.

Departamento de História, Instituto Universitário de Lisboa, Lisboa, 2018. Disponível em:

https://repositorio.iscte-iul.pt/handle/10071/17254. Acesso em: 20 ago. 2020.

MADUREIRA, Alessandra Vinco A. Calixto; MONTEIRO, Daniela de Souza Mazur;

URBANO, Krystal Cortez Luz. Fãs, mediação e cultura midiática: dramas asiáticos no Brasil.

In: JORNADA INTERNACIONAL GEMInIS: ENTRETENIMENTO TRANSMÍDIA, 1.,

, São Carlos. Anais[...] São Carlos: UFSCar, 2014. p. 1-16. Disponível em:

https://www.researchgate.net/publication/332589400_FAS_MEDIACAO_E_CULTURA_MI

DIATICA_dramas_asiaticos_no_Brasil. Acesso em: 23 ago. 2020.

O GRANDE Guia dos Manhwas e Manhuas no Brasil. Biblioteca Brasileira de Mangás, 13

jun. 2016. Disponível em: https://blogbbm.com/2016/06/13/manhwas-e-manhuas-no-brasil/.

Acesso em: 3 ago. 2020.

PARK, Jin- ess reflects thriving webtoon market. The Korea

Times, Seoul, Mar. 18, 2020. Entertainment: K-dramas & Shows. Disponível em:

http://www.koreatimes.co.kr/www/art/2020/07/688_286372.html. Acesso em: 2 ago. 2020.

PORTILHO, Osmar. BTS recebe prêmio do governo por disseminar cultura coreana ao redor

do mundo. UOL, São Paulo, 25 out. 2018, Splash: Música. Disponível em:

https://entretenimento.uol.com.br/noticias/redacao/2018/10/25/bts-recebe-premio-do-governo-

por-disseminar-cultura-coreana-ao-redor-do-mundo.htm. Acesso em 21 ago. 2020.

SAMARA, Beatriz Santos; TANAKA, Misaki. A Onda Coreana: A Influência da Novela

In: CONGRESSO BRASILEIRO

DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO INTERCOM, 36, 2013, Manaus. Anais[...] São

Paulo: Intercom, 2013. p. 1-14. Disponível em:

http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2013/resumos/R8-1366-1.pdf. Acesso em: 23

ago. 2020.

VIANA, Nildo. Quadrinhos e crítica social: o universo ficcional de Ferdinando. Rio de

Janeiro: Beco do Azougue, 2013

Publicado
2022-04-19