Filosofia do desapego - Antonio Carlos de Oliveira Rodrigues

 

Filosofia do desapego: a Áskesis de desapropriação epictetiana à luz da Kátharsis do Fédon de Platão

Antonio Carlos de Oliveira Rodrigues

A noção de katharsis exposta no Fédon de Platão foi absorvida e incorporada à ascese do desejo epictetiana. A katharsis, ao ser deslocada de seu lugar de origem para o exercício espiritual epictetiano, sofreu transformações para adaptar-se à regra de conduta zenoniana de viver. Epicteto acredita piamente que para se viver em conformidade com a natureza não há como prescindir do esforço de separação da alma do corpo. De modo que, para ele, somente o homem que se apodera da liberdade adquire concomitantemente a habilidade de aceitar a vida como é, capacitando-se a receber com total indiferença seja o que for que o destino traga. Para Epicteto a abolição de todas as escravaturas da alma começa na separação do “nosso” do “alheio” e se completa com a compreensão de que o “alheio” não é nada para nós.

O livro pode ser baixado gratuitamente em pdf e comprado fisicamente pelo seguinte link:

http://www.editorafi.org/174antonio