A DIFÍCIL TAREFA DE SER MULHER: UMA LEITURA DO ELOGIO DE HELENA DE GÓRGIAS

  • Cleudo Araujo UFS
  • Thatiane Santos Meneses

Resumo

Górgias de Leontinos é considerado um dos mais importantes representantes do movimento filosófico denominado de “Os Sofistas”. Dentre os mais variados assuntos que o sofista se dedicou a discursar, no texto intitulado O Elogio de Helena, Górgias tem por objetivo demonstrar não só a inocência de Helena que, segundo ele, fora apontada injustamente de ter sido a causadora da Guerra de Tróia, mas também assinalar os erros de quem a criticou por seus atos. O sofista traz em seu texto algumas hipóteses que poderiam ter levado Helena a se deixar seduzir por Paris e, sobre este ponto, merece destaque a intenção de Górgias em demonstrar que Helena, em todos os cenários descritos, é inocente das acusações que lhe foram dirigidas. É fato que nos idos do século V a.C. Górgias mal poderia imaginar o quão difícil seria ser mulher neste mundo. O sofrimento de Helena, retratado no Elogio de Helena, tem-se mostrado cada dia mais atual nessa sociedade machista e opressora. Frequentemente nos deparamos com notícias de diversos crimes contra a mulher, dentre eles, o mais recorrente é o estupro e o feminicídio, e após cada veiculação de fatos como estes, o primeiro comentário que ressoa é: “foi culpa dela”. Diante disso, o presente trabalho visa fazer uma análise sobre a figura da mulher, tendo como referencial a obra O Elogio de Helena de Górgias.

Publicado
2021-11-17
Edição
Seção
Artigos