ESTRATÉGIAS DE EXPLORAÇÃO DA SITUAÇÃO CONTRAINTUITIVA “JOGO INTERROMPIDO” POR ALUNOS DO ENSINO MÉDIO

  • José António Fernandes Universidade do Minho

Resumo

Neste artigo analisam-se as estratégias de resolução de uma situação contraintuitiva por alunos do ensino médio e extraem-se algumas implicações do uso desta tarefa para o ensino de Probabilidades. A situação contraintuitiva é uma versão mais simples do famoso problema colocado por Chevalier de Méré a Pascal, que trata da questão da divisão do prémio num jogo que foi interrompido antes de ter terminado. Participaram no estudo 203 alunos do ensino médio que responderam a um questionário com nove questões de Probabilidades, entre a quais se incluía a situação contraintuitiva objeto deste estudo. Em termos de resultados, salienta-se que os alunos adotaram estratégias variadas, em que combinam argumentos analíticos com argumentos intuitivos e em que está muito presente a ideia de equidade, seja ao nível das partidas do jogo ou do jogo. Por outro lado, essa diversidade de estratégias e a mobilização de aspetos analíticos e intuitivos revelam o potencial da tarefa para a sua exploração em termos do ensino de Probabilidades. Tal diversidade, ao favorecer o confronto, a discussão e a partilha entre os alunos, promove a construção de um conceito de probabilidade multifacetado e, em última instância, bem integrado na mente do aprendiz.

Palavras-chave: Probabilidades; Situação contraintuitiva; Estratégias de resolução; Alunos do ensino médio.

Publicado
2022-08-09