A CIDADE NOS CONTOS UM ENCONTRO E UM CASO DOLOROSO, DE JAMES JOYCE

THE CITY IN THE SHORT STORIES AN ENCOUNTER AND A PAINFUL CASE, BY JAMES JOYCE

  • Gabrielle Cristine MENDES UFPR - Curitiba/PR

Resumo

RESUMO: Este trabalho tem por objetivo analisar de que maneira a cidade de Dublin é representada nos contos Um encontro e Um caso doloroso, do livro Dublinenses (2013 [1914]), de James Joyce. Os contos foram selecionados por representarem dois movimentos e compreensões distintas do mesmo espaço urbano: enquanto no primeiro a cidade representa a liberdade, no segundo ela é vista de maneira negativa. Para tal análise, serão utilizados autores como Mikhail Bakhtin (1988) verificando a questão do discurso em relação com o sujeito e o espaço urbano e Salvatore D’Onofrio (2007) para versar a respeito do construto literário.

PALAVRAS-CHAVE: Cidade. James Joyce. Monologia. Dialogia.

      

ABSTRACT: This article aims to analyze how Dublin is portrayed in the short stories An encounter and A painful case, from the book Dubliners (2013 [1914]), by James Joyce. The stories were chosen because they represent two different ideas over the urban space. On the one hand, the city is seen from a pessimistic point of view, while, on the other hand, the city is seen as a positive space representing freedom. To sustain this analysis we will resort the ideas of Mikhail Bakhtin (1988) and Salvatore D’Onofrio (2007).

KEYWORDS: Urban space. James Joyce. Monologism. Dialogism.

Referências

BAKHTIN, M. Questões de literatura e de estética: a teoria do romance. Trad. Aurora Fornoni Bernardini et al. São Paulo: Hucitec, 1988.

BENJAMIN, W. Charles Baudelaire: um lírico no auge do capitalismo. Trad. José Carlos Martins Barbosa et al. São Paulo: Brasiliense, 1995.

D’ONOFRIO, S. Forma e sentido do texto literário. São Paulo: Ática, 2007.

JOYCE, J. Dublinenses. Trad. Guilherme da Silva. Porto Alegre: L&PM Pocket, 2013.

SENNETT, R. Carne e pedra: o corpo e a cidade na civilização ocidental. Trad. Marcos Aarão Reis. Rio de Janeiro: BestBolso, 2008.

Publicado
2019-03-21