ANNE-MARIE CHARTIER FALA SOBRE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO NA FRANÇA E NO BRASIL

  • Márcia Vânia Silvério Perfeito Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal
  • Solange Alves de Oliveira-Mendes UnB
  • Vânia Márcia Silvério Perfeito UnB
  • Fernando Carneiro Gomes de Paiva UnB

Resumo

Biografia:

Anne-Marie Chartier é doutora em Sciences de l'Éducation pela Université Paris V (1992). Foi professora da École Normale de Versailles (1970-1989), do Institut Universitaire de Formation de Maîtres de Versailles (1989-1996) e pesquisadora e maître de conférences do Service d'Histoire de l'Éducation do Institut National de Recherche Pédagogique - INRP (1996-2009), que, atualmente, é denominado Institut Français de l’Éducation (IFÉ). Aposentada desde 2009, é atualmente pesquisadora associada do Laboratoire de Recherche Historique Rhône-Alpes (LARHA), École Normale Supérieure (ENS) de Lyon, França (http://larhra.ish-lyon.cnrs.fr/membre/118). Reconhecida internacionalmente em seu campo de atuação e pesquisa, se tornou referência, no Brasil e em diversos outros países do mundo, na área de Educação. Dedica-se, sobretudo, ao estudo de temas como a história da escolarização da leitura e da escrita, os métodos de ensino da leitura na França e em outros países da Europa Ocidental e, mais amplamente, a história da formação dos professores, das práticas de ensino e dos materiais didáticos. Coorientou diversas teses de doutorado estrangeiras, especialmente de universidades brasileiras, e supervisionou vários pesquisadores(as) em atividades de pós-doutorado, oriundos de diversos países, inclusive o Brasil. É autora de inúmeras publicações, dentre as quais se incluem livros, capítulos de livros e artigos em periódicos, em diferentes idiomas (inglês, espanhol, português, além de francês). Destacam-se os livros “Discours sur la lecture (1880-1980)”, em coautoria com Jean Hébrard, traduzida para o português e o espanhol e reeditada em 2000, com ampliação do recorte temporal (1880-2000), e “L’école et la lecture obligatoire”, publicada em 2007 e reeditada em 2014, obra que constitui uma síntese de anos de pesquisa sobre a história da leitura e do seu ensino. Em português, publicou, além de numerosos capítulos de livros e artigos em periódicos, as seguintes obras: “Práticas de leitura e escrita: história e atualidade” (Ceale-UFMG, Autêntica), em 2007; “Discursos sobre a leitura (1880-1980)” (Ática), em coautoria com Jean Hébrard, em 1995; “Ler e escrever: entrando no mundo da escrita” (Artes Médicas), em coautoria com Christiane Clesse e Jean Hébrard, em 1996.

Publicado
2022-07-05
Seção
Entrevista com autor