ANÁLISE DE LIVRO DIDÁTICO DE LÍNGUA INGLESA SOB A PERSPECTIVA DE MULTILETRAMENTOS

ANALYSIS OF ENGLISH-LANGUAGE TEXTBOOKS UNDER THE PERSPECTIVE OF MULTILITERACIES

Juliana SCHINEMANN, Luciane BARETTA, Terezinha Marcondes Diniz BIAZI

Resumo


RESUMO: O presente trabalho pretende discutir em que medida os dois livros didáticos de língua inglesa mais utilizados por escolas públicas, no 3º ano, do Ensino Médio, no Núcleo Regional de Ensino, em uma cidade do interior do Paraná, englobam o multiletramento e a multimodalidade, como prática de ensino, conforme proposto pelas Orientações Curriculares para o Ensino Médio (OCEM). As atividades de leitura, oralidade e escrita de quatro unidades de cada uma das coleções foram computadas e analisadas conforme o proposto nas OCEM para o ensino de línguas estrangeiras. A análise dos dados revelou que há uma lacuna entre o que é proposto nos documentos oficiais, as orientações pedagógicas das coleções e as atividades trazidas pelos livros didáticos.

PALAVRAS-CHAVE: Multiletramento. Multimodalidade. Livros didáticos de língua inglesa.



ABSTRACT: This paper intends to discuss to what extent the two English-language textbooks most used by public schools in the 3rd year of secondary education in a town in the interior of Paraná, encompass multiliteracies and multimodality as teaching practices, as proposed by the Curricular Guidelines for Secondary Education (OCEM). Our data consisted of activities of reading, speaking and writing of four units of each of the textbooks. The analysis of the data revealed that there is a gap in relation to the proposal in the official documents, the pedagogical orientations of the collections and the activities presented in the textbooks.

KEYWORDS: Multiliteracies. Multimodality. English-language textbooks.


Referências


BRASIL. Orientações curriculares do ensino médio: Linguagens, Códigos e suas tecnologias- conhecimentos de línguas estrangeiras. Brasília: Ministério da Educação/Secretária de Educação Básica, 2006. p. 23-29. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/book_volume_01_internet.pdf>. Acesso em: 21 Jul. 2017.

BORBA, M. S.; ARAGÃO, R. C. Multiletramentos: novos desafios e práticas de Linguagem na formação de professores de inglês. Revista Polifonia, Cuiabá, MT, v. 19, n. 25, p. 223-240, jan./jul., 2012.

COPE, B.; KALANTZIS, M. (Ed.) Multiliteracies: Literacy Learning and the Design of Social Futures. London: Routledge, 2000.

FREIRE, P. Educação como prática da liberdade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1980.

KRESS, G. In: COPE, B.; KALANTZIS, M. (Ed.) Multiliteracies: Literacy Learning and the design of social futures. London & New York: Routledge, 2000. p. 179-199.

KRESS, G.; LEEUWEN, T. V. Introduction: The Grammar of Visual Design. In: ______. Reading images: the grammar of visual design. 2nd ed. London: Routlegde, 1996. p. 1-15.

NEW LONDON GROUP. A Pedagogy of Multiliteracies Designing Social Futures. Harvard Educational Review, v. 66, n. 1, p. 60-92, 1996.

MACHADO, A. R.; BRONCKART, J. P. (Re-)configurações do trabalho do professor construídas nos e pelos textos: a perspectiva metodológica do Grupo ALTERLAEL. In: MACHADO, Anna Rachel et al. (Org.). Linguagem e Educação: o trabalho do professor em uma nova perspectiva. Campinas, São Paulo: Mercado de Letras, 2009, p. 31-77.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Bases indexadoras:

CiteFactor - Academic Scientific JournalsCZ3 - Elektronische Zeitschriftenbibliothek Plataforma Sucupira

Portal brasileiro de publicações científicas em acesso aberto Diadorim - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras LIVRE - Revistas de livre acesso Google Acadêmico

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.