“Corpo de Mulher Grávida”: o Corpo e Sexualidade na Gestação

Resumo

Baseando-se no pensamento de Michael Foucault sobre o controle do corpo, o objetivo deste artigo é problematizar como os discursos sobre o controle do corpo e atividade sexual têm sido produzidos para a mulher durante o pré-natal. O método de pesquisa utilizado foi a pesquisa-intervenção, através de realização de oficinas para discutir a sexualidade e cuidado com o corpo feminino. Nas discussões apontamos as falas trazidas por essas mulheres sobre como se sentiam em relação aos discursos direcionados a gestante. Concluímos que as ferramentas de controle do corpo, enunciados modelo, influência da mídia e a relevância do julgamento social, tornam-se pontuais em seus discursos, caracterizando formas de disciplinar e governar essa parcela da população.

Biografia do Autor

Débora Fernanda Haberland, Universidade Católica Dom Bosco - UCDB
Mestre em Psicologia e graduada em Enfermagem pela Universidade Católica Dom Bosco ­ UCDB. Doutoranda em Psicologia pela Universidade Católica Dom Bosco. Especialista em Metodologia do Ensino Superior pela Universidade da Grande Dourados UNIGRAN e em Cuidado Pré Natal pela Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP; Especialização MBA Gestão em Saúde e Controle de Infecção pelo Instituto Nacional Ensino e Pesquisa - INESP e em Metodologia e Gestão em Educação a Distância pela Universidade Anhanguera. Atualmente,  enfermeira no quadro de Oficiais da Força Aérea Brasileira ­FAB.
Andrea Cristina Coelho Scisleski
Possui graduação em Psicologia (2004) e mestrado em Psicologia Social e Institucional, ambos pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2006). Doutora em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2010). Atualmente é docente e pesquisadora no Programa de Pós-graduação Mestrado e Doutorado em Psicologia da Universidade Católica Dom Bosco (Campo Grande - MS). Realizou doutorado-sanduiche na Goldsmiths College, University of London (2009-2010).Atua na área de Psicologia Social, principalmente nos seguintes temas: políticas públicas, juventude, segurança pública, psicologia social e justiça, direitos humanos, sistema prisional e socioeducativo. É líder do grupo de pesquisa Psicologia, Direitos Humanos e Subjetivação.
Publicado
2020-06-22
Seção
Artigos: Relatos de Pesquisa