A FORMAÇÃO DOS(AS) BIBLIOTECÁRIOS(AS) FRENTES ÀS NOVAS POSSIBILIDADES DE REPRESENTAÇÃO DA INFORMAÇÃO: análise das propostas pedagógicas dos cursos de Biblioteconomia do Norte e do Nordeste do Brasil

  • Raimunda Fernanda dos Santos Universidade Federal de Pernambuco
  • Carla Beatriz Marques Felipe Universidade Federal do Rio de Janeiro
Palavras-chave: Ciência da Informação, Biblioteconomia, Formação profissional, Representação temática da informação

Resumo

Estuda acerca das novas possibilidades de representação da informação em ambientes digitais e a formação dos(as) Bibliotecários(as) para a execução de atividades que contemplem essas perspectivas. Objetiva estudar sobre o ensino das novas práticas de organização e tratamento temático da informação nos cursos de Biblioteconomia. Apresenta uma discussão realizada mediante um estudo de caráter bibliográfico, documental e exploratório sobre as tendências e perspectivas de organização e tratamento
da informação frente à formação do profissional da informação. Conclui enfatizando a importância deformar profissionais Bibliotecários(as) capacitados (as) para criar instrumentos,processos e produtos para a representação de itens informacionais em ambientes digitais no intuito de satisfazer as demandas informacionais da geração hodierna e futura.

Biografia do Autor

Raimunda Fernanda dos Santos, Universidade Federal de Pernambuco
Doutoranda em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Mestra em Ciência da Informação pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal de Pernambuco (PPGCI/UFPE). Bacharel em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2014).
Carla Beatriz Marques Felipe, Universidade Federal do Rio de Janeiro
Mestre em Ciência da Informação pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal de Pernambuco (PPGCI/UFPE - 2016). Bacharel em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte ( UFRN - 2013). Professora Substituta do Magistério Superior no Departamento de Ciência da Informação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

Referências

CONSELHO FEDERAL DE BIBLIOTECONOMIA. Cursos de Biblioteconomia do Brasil. 2018. Disponível em: <http://www.cfb.org.br/>. Acesso em: 28 mar. 2018.

LANCASTER, F. W. Indexação e resumos: teoria e prática. Brasília: Briquet de Lemos, 2004.

NASCIMENTO, G. F. V. C. M. L. Folksonomia como estratégia de indexação dos bibliotecários no del.icio.us. Informação & Sociedade: Estudos, v. 19, n. 1, 2009. Disponível em: <http://www.brapci.inf.br/v/a/16612>. Acesso em: 26 mar. 2018.

PAIVA, S. B.; ALBUQUERQUE, A. C. A relação entre o ensino pesquisa e sua contribuição para a representação descritiva e temática. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v. 20, n. 3, p. 515-525, set./dez., 2015. Disponível

em:<https://dialnet.unirioja.es/servlet articulo?codigo=5345335.>. Acesso em: 20 mar. 2018.

Publicado
2018-11-09