PLANEJAMENTO E GESTÃO DO PROCESSO DE AUTOMAÇÃO DE BIBLIOTECAS: experiências de aprendizado no curso de Biblioteconomia

  • Cenidalva Miranda de Sousa Teixeira Universidade Federal do Maranhão
  • Raimunda Ramos Marinho Universidade Federal do Maranhão
Palavras-chave: Biblioteconomia, Automação, Biblivre, Biblioteca escolar

Resumo

Apresenta-se o planejamento como ferramenta do processo de automação de bibliotecas com vista à gestão de serviços da biblioteca escolar. Trata-se de pesquisa exploratória e descritiva, tendo como base o estudo de caso para relatar a experiência desenvolvida na disciplina de Automação em Unidades de Informação pelo curso de Biblioteconomia na Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Aventa-se o Biblivre como software para gerenciamento de acervo e a integração entre bibliotecas. Conclui-se que a automação potencializa as ações da biblioteca e garante controle, rapidez e precisão na recuperação da informação.

Biografia do Autor

Cenidalva Miranda de Sousa Teixeira, Universidade Federal do Maranhão
Professora Associada III do Departamento de Biblioteconomia e . Possui graduação em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Maranhão (1985), Curso de Análise de Sistemas(PUC-Rio), Mestrado em Informática pela Universidade Federal da Paraíba (1997) e Doutorado em Engenharia Elétrica na linha de pesquisa Ciência da Computação pela Universidade Federal do Maranhão (2003).
Raimunda Ramos Marinho, Universidade Federal do Maranhão
possui graduação em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Maranhão (1987) e mestrado em Ciência da Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1995). Atualmente é professora assistente iv da Universidade Federal do Maranhão.

Referências

CAFÉ, L.; SANTOS, C.; MACEDO, F. Proposta de um método para escolha de software de automação de bibliotecas. Ciência da Informação, Brasília, DF, v. 30, n. 2, p. 70-79, maio/ago. 2001.

CÔRTE, A. R. et al. Automação de bibliotecas e centros de documentação: o processo de avaliação e seleção de softwares. Rev. Ciência da Informação, Brasília, v. 28, n. 3, p. 241-256, set./dez. 1999 (online).

______.; BANDEIRA, S. P. Biblioteca Escolar. Brasília, DF: Briquet de Lemos/Livros, 2011.

HUBNER, E.; GUILHERME, R. C. Softwares livres para bibliotecas: uma ferramenta para a democratização do acesso à informação bibliográfica. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE BIBLIOTECONOMIA E DOCUMENTAÇÃO, 22., 2009, Bonito, MS. Anais... Bonito, MS: FEBAB; ABDF, 2009. Disponível em:<http://bibliodata.ibict.br/geral/docs/software_livre_para_bibliotecas.pdf>. Acesso em: 3

jul. 2017.

JULIANO. Plano Diretor de Informática, 2007. Disponível em:

. Acesso em: 4 jun 2017.

MANUAL Biblivre versão 4.1. Rio de Janeiro: Sociedade de Amigos da Biblioteca Nacional – SABIN, 2014.

MARASCO, L. C.; MATTES, R. N. Avaliação e seleção de software para automação de centros de documentação e bibliotecas. Informação & Informação, Londrina, v. 3, n. 1, p. 15-24, jan./jun.1998.

RODRIGUES, A. M. M.; PRUDÊNCIO, R. B. C. Automação: a inserção da biblioteca na tecnologia da informação. Biblionline, João Pessoa, v. 5, n. 1/2, 2009.

SANTOS, M. C. Plano Diretor de Informática. Bate Byte. Curitiba, CELEPAR, nov.2006.

SILVA, J. F. M. da. Software livre: modelos de seleção como subsídio à gestão bibliotecária. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE BIBLIOTECONOMIA, DOCUMENTAÇÃO E CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 22; 2007. Brasília. Anais... Brasília: FEBAB; ABDF, 2007. 1 CD-ROM.

TEIXEIRA, C. M. S.; REIS, E. T. S. Automação de sistemas em bibliotecas. São Luís: UFMA, 2013.

______. et al. Software livre em bibliotecas públicas escolares na área Itaqui-Bacanga em São Luís/MA: estudos de casos. Revista Informação na Sociedade Contemporânea, v. 1, n. 1, 2014. Disponível em: <http://www.brapci.inf.br/v/a/23145>. Acesso em: 1 mar. 2018.

______.; MARINHO, R. R. A prática de ensino e a gestão de automação de unidades de informação. RBBD, Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, São Paulo, v. 13, p. 2403-2418, dez. 2017. Disponível em:

<https://rbbd.febab.org.br/rbbd/article/view/958>. Acesso em: 1 mar. 2018.

Publicado
2018-11-09