A MEDIAÇÃO DE LEITURA LITERÁRIA AOS SURDOS UNIVERSITÁRIOS POR MEIO DOS QUADRINHOS

  • Valéria Aparecida Bari Universidade Federal de Sergipe
  • Shirley dos Santos Ferreira Universidade Federal de Sergipe
  • Vanderlea Nóbrega Azevedo Cortes Universidade Federal de Sergipe
Palavras-chave: Didática, Ensino Superior, Inclusão Social, Formação do Leitor. Mediação, Surdos

Resumo

A presente comunicação descreve projeto de pesquisa em andamento, que tem como objetivo a verificação do potencial de mediação da leitura literária para universitários surdos, por meio da utilização do recurso já disponível e acessível das adaptações na linguagem das histórias em quadrinhos. A contribuição esperada no campo da Ciência da Informação se refere às teorias e práticas da mediação de leitura e formação do leitor em diferentes ambientes sociais e unidades de informação, como praticada pelos profissionais do ramo, a saber: bibliotecários, documentalistas, gestores da informação e congêneres. De modo axial, ou seja, dentro do mesmo eixo de atuação, beneficiará professores, educadores, docentes, intérpretes, familiares e outros atores sociais diretamente atuantes na educação formal, informal e não-formal de surdos. O método utilizado será o hipotético-dedutivo, sob os princípios de Popper. A abordagem de pesquisa será antropológica e o trabalho de campo obedecerá roteiro baseado em pesquisa-ação, com adoção de instrumentos de observação quali-quantitativos e registros etnográficos concomitantes às observações em campo (fotografias e, se possível, registros fílmicos). A análise utilizada será de caráter misto, no desenvolvimento de estudo correlacional de variáveis independentes sob manipulação ao longo do período de observação. O desenho do experimento aplicável ao grupo-teste (universitários surdos) se propõe a trabalhar em nível individual e grupal, mediante a expressão de escalas de categorias teóricas previamente coletadas na literatura especializada, medindo níveis de satisfação, assim como a resposta às questões abertas, para a prospecção de indicadores em metodologia observacional pós-indexada. Verificou-se que o desenvolvimento dessa pesquisa e de outras congêneres se articula com os esforços em nível nacional e mundial no século XXI, pela disseminação da informação e do conhecimento, como fator de progresso social científico, melhoria da qualidade de vida e concretização do potencial individual e coletivo dos discentes brasileiros integrados ao ensino superior, mediante suas particularidades.

Biografia do Autor

Valéria Aparecida Bari, Universidade Federal de Sergipe
Atualmente ocupa os cargos eletivos de Vice-Diretora do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA/UFS) e Conselheira do Conselho Regional de Biblioteconomia da Quinta Região (CRB-5). Possui graduação em Biblioteconomia e Documentação pela Universidade de São Paulo (1990) , mestrado em Ciência da Comunicação pela Universidade de São Paulo (2002) e doutorado em Ciência da Informação pela Universidade de São Paulo (2008). É líder do PLENA - GRUPO DE PESQUISA EM LEITURA, ESCRITA E NARRATIVA: Cultura, Mediação, Apresentação Gráfica, Editoração, Manifestações.
Shirley dos Santos Ferreira, Universidade Federal de Sergipe
Mestranda no Mestrado Profissional em Gestão da Informação e do Conhecimento do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI/UFS). Especialista em Biblioteconomia pela Faculdade Venda Nova do Imigrante-FAVENI (2017). Graduada em Biblioteconomia e Documentação pela Universidade Federal de Sergipe (2015).
Vanderlea Nóbrega Azevedo Cortes, Universidade Federal de Sergipe
Possui graduação em Zootecnia pela Universidade Federal da Paraíba (1988) , graduação em Biblioteconomia e Documentação pela Universidade Federal de Sergipe (2013) e Pós-graduação em Documentação e Gestão de Arquivos Empresariais e Culturais(2016) pela Faculdade Maurício de Nassau. Atuou como docente pelo Programa de Docência Voluntária do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Federal de Sergipe (2016-2018

Referências

BARI, Valéria Aparecida. A quadrinhização como recurso de mediação da leitura literária do surdo. In: MODENESI, T. V. (Org.); BRAGA Júnior, A. X. (Org.). Quadrinhos & Educação: procedimentos didáticos. Recife: Faculdade dos Guararapes/Laureate International Universities, 2015. (Quadrinhos & Educação, v. 2)

______. O potencial das histórias em quadrinhos na formação de leitores: busca de um contraponto entre os panoramas culturais brasileiro e europeu. 2008. 248 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP). Disponível em: <http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27151/tde-27042009-121512/pt-br.php>. Acesso 25 jul. 2016.

______; CARDOSO, Flávia Pieretti. A mediação de leitura literária para surdos por meio da adaptação para a linguagem das histórias em quadrinhos. Revista Espaço, Rio de Janeiro: INES, n. 47, p. 169-187, jan./jul. 2018. ISSN 2525-6203.

______.; FERREIRA, Shirley dos Santos. A apropriação da leitura literária por meio das histórias em quadrinhos: prática da Educomunicação. Revista Interfaces Científicas, Aracaju: UNIT, v. 5, n. 2, p. 29-40, fev. 2017. ISSN 2316-3828.

COLOMER, Teresa. Andar entre livros: a leitura literária na escola. São Paulo: Global, 2007.

______. A formação do leitor literário. São Paulo: Global, 2003.

CORRÊA, Isabella; SANTANA, Glêyse Santos; BARI, Valéria Aparecida. A importância das hipóteses para as ciências humanas segundo Karl Popper. In: COLÓQUIO INTERNACIONAL EDUCAÇÃO E CONTEMPORANEIDADE (EDUCON), 8.,2014, São Cristóvão/SE. Anais... São Cristóvão: Universidade Federal de Sergipe, 2014. p. 1-9.

LUSSATO, Bruno. Informação, comunicação e sistemas. Lisboa: Dinalivro, 1991.

SILVA, Armando Malheiro da. Mediações e mediadores em Ciência da Informação.

Prisma.com, Porto: Faculdade de Letras da Universidade do Porto/CETAC-Media, n. 9, p. 1-37, 2010. ISSN 1646 – 3153.

VEER, René Van Der; VALSINER, Jaan. Vygotsky: uma síntese. São Paulo: Loyola, 1996.

Publicado
2018-11-09