ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM BIBLIOTECONOMIA: EXPERIÊNCIA NA BIBLIOTECA PATATIVA DO ASSARÉ DO COLÉGIO OBJETIVO EM JUAZEIRO DO NORTE-CE

David Vernon Vieira, Wesley Ferreira Cavalcante, Maria Daiane de Oliveira Lima

Resumo


A compreensão do conteúdo teórico e prático requer que o estudante do curso de biblioteconomia realize um estágio supervisionado para vivenciar diversas tipologias de bibliotecas. Bibliotecas escolares são caracterizadas como espaço de ensino-aprendizagem que permitem aos estudantes de biblioteconomia desenvolver habilidades e competências de leitura dentro de um ambiente acolhedor que possa promover o diálogo entre professores e estudantes da instituição de ensino. Apresenta relato de experiência na Biblioteca Patativa do Assaré do Colégio Objetivo de Juazeiro do Norte-CE, onde aborda as atividades, os materiais e o funcionamento da referida biblioteca. A vivência desse estágio ocorreu no período dos meses de Maio a Junho de 2017. Discute a importância do estágio para os discentes do Curso de Biblioteconomia e a experiência  profissional no âmbito da biblioteca escolar, ressaltando sua importância para comunidade educacional. Esta pesquisa caracteriza-se como estudo bibliográfico e de campo, sendo de natureza qualitativa. O estágio também proporcionou a fundamentação das disciplinas teóricas do Curso de Biblioteconomia, em que o aluno tem a oportunidade de vivenciar sua teoria e aprimorar seus estudos. Desta forma, foi possível compreender a relevância da biblioteca escolar para além das estantes, onde o bibliotecário deve ser o protagonista das atividades executadas naquele espaço, criando e desenvolvendo projetos, envolvendo alunos com incentivo à leitura, o desenvolvimento de ações comunitárias, a apresentação de atividades culturais envolvendo a contação de histórias, por sua vez, produzindo conhecimento e aprendizado para os alunos, professores e profissionais envolvidos nas dinâmicas executadas.

Palavras-chave


Biblioteca Escolar; Biblioteconomia; Estágio Supervisionado; Leitura

Texto completo:

PDF

Referências


BIANCHI, Anna Cecília de Moraes. Manual de orientação: estágio supervisionado. 4. ed. São Paulo: Cengage Learning, 2011.

GASQUE, Kelley C. G. D.; CASARIN, Helen C. S. Bibliotecas escolares: tendências globais. Em Questão, v. 22, n. 3, p. 36-55, set/dez. 2016. Disponível em: Acesso em: 28 out. 2017.

GIL, Carlos Antônio. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2007.

INTERNATIONAL FEDERATION OF LIBRARY ASSOCIATIONS AND

INSTITUTIONS. Diretrizes da IFLA para a biblioteca escolar. 2 ed. Julho, 2016. Disponível em:. Acesso em: 12 set. 2017.

ORGANIZAÇÃO DOS ESTADOS AMERICANOS. Modelo flexível para um sistema nacional de bibliotecas escolares. Tradução de Walda de Andrade Antunes. Brasília: FEBAB, 1985.

PALETTA, Francisco Carlos et al. Planejamento de serviços de informação em biblioteca escolar uma proposta prática. Pesquisa brasileira em ciência da informação e biblioteconomia, João Pessoa, v. 9, n.1, p. 001-017, 2014. Disponível em: . Acesso em: 19 set. 2017.

RODRIGUES, Auro de Jesus. Metodologia Científica. São Paulo: Avercamp, 2006.




DOI: https://doi.org/10.33467/conci.v1i2.10272

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Convergências em Ciência da Informação



CONVERGÊNCIAS EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO - CONCI

Universidade Federal de Sergipe (UFS)

Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI/UFS)

Campus São Cristóvão, Cidade Universitária “Prof. José Aloísio de Campos”. 

Av. Marechal Rondon, s/n. Prédio CCSA 1 - Sala 5. Bairro Jardim Rosa Elze. São Cristovão/SE. CEP: 49.100-000

E-ISSN - 2595-4768

 Esta revista é afiliada à Associação Brasileira de Editores Científicos - ABEC

 

Revista membro:

 

Licença Creative Commons

Os trabalhos originais publicados na revista Convergências em Ciência da Informação estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.