DIAGNÓSTICO SOBRE ACERVO INCLUSIVO NAS BIBLIOTECAS PÚBLICAS DE SERGIPE

Telma de Carvalho, Lorena Bomfim Bastos

Resumo


Este trabalho traz os resultados de pesquisa realizada junto às bibliotecas públicas estaduais e municipais do Estado de Sergipe, com vistas a verificar a formação e disponibilidade de acervo inclusivo para pessoas com deficiência visual bem como levantar se as mesmas têm feito uso das tecnologias de informação para atendimento ao público. A presente pesquisa foi desenvolvida junto à Universidade Federal de Sergipe como Projeto de Extensão, em 2016/2017. Este trabalho tem por objetivo contribuir com a discussão acerca do assunto e debater sobre as condições de acesso à informação para pessoas com necessidades especiais nas bibliotecas públicas de Sergipe, levando-se em conta a oferta de materiais acessíveis e o preparo do bibliotecário para atender este grupo de pessoas. A pesquisa é qualiquantitativa, descritiva e exploratória. Utilizou-se o envio de questionário elaborado no Google Forms para o levantamento dos dados. O Estado de Sergipe é formado por 75 munícipios e possui 83 bibliotecas públicas, das quais apenas 14 colaboraram efetivamente para o alcance dos resultados. Os dados revelaram a fragilidade das bibliotecas em relação à composição de seus acervos, pois pouco é oferecido em termos de acervo acessível. Há necessidade de capacitação da equipe da bibliotecária a fim de que possam se adequar para melhorar o atendimento dos usuários. Além disso, as bibliotecas também precisam de reforço nos equipamentos de informática para que possam fazer uso das Tecnologias de Informação e utilizarem programas e aplicativos que facilitem a leitura digital, uma vez que a grande maioria não possui equipamentos de informática em seus locais, nem para uso administrativo, nem para uso do público.

Palavras-chave


Biblioteca Pública; Acervo; Acessibilidade; Acesso à informação; Desenvolvimento de coleções.

Texto completo:

PDF

Referências


AZAMBUJA, Isabella Kessler de; Rozek, Marlene. A mediação de leitura na perspectiva da inclusão social na Biblioteca Pública Municipal Josué Guimarães (BPMJG). In: SEMINÁRIO LUSO-BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA: o ensino e a aprendizagem em discussão. 1., 2017, Porto Alegre. Anais Eletrônicos... Porto Alegre: PUCRS, 2017. Disponível em:

luso-brasileiro-de-educacao-inclusiva/#inicio>. Acesso em: 1 abr. 2018

BRASIL. Lei Nº 13.146, de 6 de julho 2015.Institui a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência). Brasília, 2015. Disponível em: . Acesso em 1 abr. 2018.

DIAS, Maria Mathilde Kronka; PIRES, Denise. Formação e desenvolvimento de coleções de serviços de informação. UFSCAR: São Paulo, 2003

FONSECA, Cintia Cibele Ramos, GOMES, Gicele Farias; VANZ, Samile Andréa de Souza. Acessibilidade e inclusão em bibliotecas: um estudo de caso. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS, 12., 2012, Gramado, RS. Anais Eletrônico... Porto Alegre: UFRGS, 2012. Disponível em: . Acesso em: 1 abr. 2018

VERGUEIRO, Waldomiro. Seleção de materiais de informação: princípios e técnicas. 3. ed. Brasília, DF: Briquet de Lemos, 2010.

WEITZEL, Simone da Rocha. Elaboração de uma política de desenvolvimento de coleções em bibliotecas universitárias. 2. ed. Rio de Janeiro: Interciência; Niterói: Intercontexto, 2013.




DOI: https://doi.org/10.33467/conci.v1i2.10274

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Convergências em Ciência da Informação



CONVERGÊNCIAS EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO - CONCI

Universidade Federal de Sergipe (UFS)

Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI/UFS)

Campus São Cristóvão, Cidade Universitária “Prof. José Aloísio de Campos”. 

Av. Marechal Rondon, s/n. Prédio CCSA 1 - Sala 5. Bairro Jardim Rosa Elze. São Cristovão/SE. CEP: 49.100-000

E-ISSN - 2595-4768

QUALIS: B4


Revista membro:

 

Signatária do San Francisco Declaration on Research Assessment (DORA): 

 

 

 Licença Creative Commons

Os trabalhos originais publicados na revista Convergências em Ciência da Informação estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.