A Consciência ´possível para Gestão do Conhecimento no Brasil

Palavras-chave: Gestão do conhecimento; Consciência possível; Rede conceitual; Método indiciário; Ciência da Informação – Brasil.

Resumo

Compartilha os primeiros resultados de pesquisa abordando a temática Gestão do conhecimento no campo da Ciência da Informação, no Brasil, na perspectiva da consciência possível, programada para realização em três etapas. Discorre sobre o conceito-chave da pesquisa e apresenta a rede conceitual que apoia seu desenvolvimento, e descreve sua metodologia, baseada no método indiciário, e procedimentos. Apresenta, como resultados da primeira etapa da pesquisa, quadros e gráficos sobre artigos publicados sobre a temática e indexados na Base de Dados em Ciência da Informação, no período 1999 a 2012, recuperados a partir de busca nos títulos, bem como dados sobre suas respectivas autorias. Foram recuperados 101 artigos, publicados em 19 periódicos da área de Ciência da Informação, a maioria descrita como “artigo científico” (33 artigos) e “artigo” (30 artigos), identificando 194 autores dos quais seis são os mais produtivos. Analisa os resultados obtidos, que sinalizam a comprovação da hipótese de trabalho, identificando período e eventos que representam a introdução da temática Gestão do conhecimento e sua crescente relevância no campo da Ciência da Informação, no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Isa Maria Freire, UFPB

Doutora em Ciência da Informação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brazil. Docente permanente no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba, Brasil.

Vania Maria Rodrigues Hermes de Araujo, IBICT

Doutora em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil. Editora-Chefe da revista Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia - PBCIB.

Referências

ALVES, R. Filosofia da ciência: Introdução ao jogo e as suas regras. São Paulo: Loyola, 1994.

ARAÚJO, V. M. R. H. Sistemas de recuperação da informação: nova abordagem teórico conceitual. 1994. 240 p. Tese (Doutorado Com. Cult.) - Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, 1994.

BUNGE, M. Epistemologia: curso de atualização. 2. ed. São Paulo: T.A. Queiroz Ed., 1980.

CHOO, C. W. A organização do conhecimento: como as organizações usam a informação para criar significado, construir conhecimento e tomar decisões. São Paulo: Senac, 2003.

CENTRO INTERNACIONAL PARA EDUCAÇÃO, TRABALHO E TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA (CIET). Apresentação. Rio de Janeiro: SENAI-DN, 1997. Documento de arquivo.

DUARTE, E. N.; MONTEIRO, M. F.; FEITOZA, R. A. B.; COSTA, L. F. C.; LLARENA, R. A. S. Caracterização da disciplina gestão da informação e do conhecimento como eixo temático dos programas de pós-graduação em ciência da informação no Brasil. Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia, v. 14, n. 2, p. 206-216, 2019.

FREIRE, I. M. A responsabilidade social da ciência da informação e/ou O olhar da consciência possível sobre o campo científico. 2001. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Convênio CNPq/IBICT – UFRJ/ECO, Rio de Janeiro, 2001.

GINZBURG, C. Mitos, Emblemas e Sinais: morfologia e história. São Paulo: Cia das Letras, 1989.

GOLDMANN, L. Importância do conceito de consciência possível para a informação. In: COLÓQUIOS FILOSÓFICOS DE ROYAUMONT. O conceito de informação na ciência contemporânea. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1970.

SILVA, L. E. F. Do “eu penso” da Ciência Moderna à consciência possível na Ciência da Informação: uma relação possível sob a égide da responsabilidade social da informação. Ciência da Informação em Revista, v. 6, n. 3, p. 3-14, set./dez. 2019.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE GESTÃO DO CONHECIMENTO. Site institucional. Disponível em: http://www.sbgc.org.br/. Acesso em: 30 jun 2019.

WERSIG, G. Information science: the study of postmodern knowledge usage. Information Processing and Management, v. 29, n. 2, p. 229-239, Mar./Apr. 1993.

Publicado
2020-12-31
Como Citar
FREIRE, I. M.; ARAUJO, V. M. R. H. DE; LLARENA, M. A. A. A Consciência ´possível para Gestão do Conhecimento no Brasil. ConCI: Convergências em Ciência da Informação, v. 3, n. 3, p. 54-76, 31 dez. 2020.