Inovação para o desenvolvimento de serviços de informação

  • Priscila Sena Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT); Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) https://orcid.org/0000-0002-5612-4315
Palavras-chave: Inovação, Inovação tecnológica, Profissionais da Informação, Serviços de Informação, Unidades de Informação

Resumo

Orientada à habilidade de fazer relações, vislumbrar oportunidades e colher benefícios, a inovação torna-se instrumento primordial para organizações e profissionais que desejam inovar em serviços de informação. Nesse sentido, neste artigo busca-se explorar inovação para o desenvolvimento de serviços de informação. Por meio de pesquisa qualitativa, exploratória, descritiva e bibliográfica se concretiza o objetivo estabelecido. Sugere-se três métodos, Design Thinking, Mapa de Empatia e Lean Startup, que para além de descritos foram exemplificados a possibilitar maior entendimento e incentivo à aplicação. As ferramentas abordadas têm em comum o foco nas pessoas, e por isso são ótimas opções para se trabalhar a inovação em serviços de informação realmente requeridos na sociedade e toda a diversidade e pluralidade que a compõe. É válido ressaltar que embora ótimas opções, a inovação em serviços de informação não depende dessas ferramentas, contudo pode ser facilitada e impulsionada por elas, uma vez possibilitam e incentivam o registro em suas etapas, consequentemente diminuem o retrabalho em determinadas ações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AMABILE, Teresa M. How to kill creativity. Boston, MA: Harvard Business School Publishing, 1998. Disponível em: http://t1.daumcdn.net/brunch/service/user/wLl/file/A3zWuNTnQgEGyAKwxug-1YWUmj0.pdf. Acesso em: 23 dez. 2021.

BERNAL RAMÍREZ, Diana Marcela.; ZANINELLI, Thais Batista. O uso do design thinking como ferramenta no processo de inovação em bibliotecas. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, Santa Catarina, v. 22, n. 49, p. 59-74, 2017. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/1518-2924.2017v22n49p59. Acesso em: 23 dez. 2021.

BESSANT, Joe; TIDD, Joe. Inovação e empreendedorismo. [S. l.]: Bookman, 2009.

BIERAUGEL, Mark. Managing library innovation using the lean startup method. Library Management, v. 36, n. 4/5, p. 351-361, 2015. Disponível em: https://www.emerald.com/insight/content/doi/10.1108/lm-10-2014-0131/full/html?casa_token=YIz17tNKOFYAAAAA:euCgPkyql9k9fyXk7V0GtCZ_r7GJ6GYQrIHVWf7cuMSBIiva4L1b5P8-hzzlaYU1UIcqFWCw0iuUWgom7FS3Mh5NWRJQc6nM9xt6J9GNUnoC9WL4WS-h. Acesso em: 15 maio 2021.

CÂNDIDO, Ana Clara; BERTOTTI, Patrícia Soares da Silva; BEDIN, Jéssica. O potencial das ferramentas atuais de Gestão & Negócios aplicados às Unidades de Informação. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, São Paulo, v. 13, p. 1165-1182, dez. 2017. Disponível em: https://rbbd.febab.org.br/rbbd/article/view/910. Acesso em: 17 jun. 2020.

CARVALHO, Elizabeth Leão de. Importância da gestão da informação para o processo decisório nas organizações. In: VALENTIM, Marta Lígia Pomim. Informação, conhecimento e inteligência organizacional. 2. ed. Marília: FUNDEPE, 2006. cap. 5.

DRUCKER, Peter Ferdinand. Inovação e espírito empreendedor. [S.l.]: Pioneira, 1987.

GALVÁN DURÁN, María Guadalupe. Aplicación de la Metodología Lean en bibliotecas y centros de documentación. 2014. 40f. Máster Universitario en Documentación. Alcalá de Henares: Universidad de Alcalá, 2014. Disponível em: https://ebuah.uah.es/dspace/handle/10017/23037. Acesso em: 15 maio 2021.

GUIMARÃES, Leila Jane Brum Lage Sena; ROCHA, Eliane Cristina de Freitas Práticas informacionais e design thinking: abordando usuários 3.0 na Ciência da Informação. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, v. 19, p. e021028-e021028, 2021. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/8666871. Acesso em: 15 maio 2021.

IDEO. Design Thinking para bibliotecas: um toolkit para design centrado no usuário. São Paulo: Ideo, 2017. Disponível em: https://tonarede.org.br/wp-content/uploads/2017/09/Design-Thinking-para-Bibliotecas-Toolkit.pdf. Acesso em: 15 maio 2021.

JULIANI, Jordan Paulesky; CAVAGLIERI, Marcelo; MACHADO, Raquel Bernadete. Design thinking como ferramenta para geração de inovação: um estudo de caso da Biblioteca Universitária da UDESC. InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação, Ribeirão Preto, v. 6, n. 2, p. 66-83, 2015. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/incid/article/view/100887/103945. Acesso em: 15 maio 2021.

MOSTAFA, Solange Puntel. Filosofia da diferença e a ciência da informação. Rio de Janeiro: e-papers, 2013.

OCDE; EUROSTAT. Oslo Manual: Guidelines for Collecting, Reporting and Using Data on Innovation. 4. ed. Paris/Luxembourg: OECD Publishing/Eurostat, 2018. Disponível em: https://doi.org/10.1787/9789264304604-en. Acesso em: 15 maio 2021.

OLIVEIRA, Dalbert Marques; RODRIGUES, Luís Silva. Percepção sobre os Conhecimentos, Habilidades/Competências e Aptidões dos Profissionais da Informação: uma comparação de realidades. Páginas a&b: arquivos e bibliotecas, p. 89-104, 2020. Disponível em: https://ojs.letras.up.pt/ojs/index.php/paginasaeb/article/view/7824. Acesso em: 15 maio 2021.

PINTO, Marli Dias Souza; BLATTMANN, Ursula. Importância do desenvolvimento criativo em ambientes educacionais e organizacionais. Revista ACB, Florianópolis, v. 7, n. 1, p. 59-72, 2002. Disponível em: https://revista.acbsc.org.br/racb/article/view/375/451. Acesso em: 15 maio 2021.

RIES, Eric. A startup enxuta. Leya, 2012. Disponível em: http://s-inova.ucdb.br/wp-content/uploads/biblioteca/a-startup-enxuta-eric-ries-livro-completo.pdf. Acesso em: 15 maio 2021.

ROSSI, Tatiana; CÂNDIDO, Ana Clara; PAZMINO, Ana Verónica; VIANNA, William Barbosa. Serviços inovadores em biblioteca universitária. Informação & Informação, Londrina, v. 25, n. 2, p. 403-429, jul. 2020. Disponível em: https://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/view/38480. Acesso em: 15 maio 2021.

ROZADOS, Helen Beatriz Frota. A informação científica e tecnológica e os serviços de informação. Informação & sociedade: estudos, João Pessoa, v. 16, n. 1, p. 49-62, 2006. Disponível em: https://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/173092. Acesso em: 15 maio 2021.

SANTIN, Dirce Maria. Bibliotecário de referência. In: SILVA, Fabiano Couto Corrêa da (org.). O perfil das novas competências na atuação bibliotecária. Florianópolis, SC: Rocha Gráfica e Editora, 2020. (Selo Nyota). Disponível em: https://3b2d7e5d-8b9a-4847-aa3e-40931d588fb7.filesusr.com/ugd/c3c80a_eddf568ba2e9451899ec035ef7dc0512.pdf. Acesso em: 15 maio 2021.

SAVEDRA, Pâmela; CÂNDIDO, Ana Clara; VALE, Mariene Alves. Fatores de fortalecimento para a cultura de inovação em bibliotecas: proposta de checklist para autoavaliação. Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação, Brasília, v. 13, n. 3, p. 835-852, 2020. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/RICI/article/view/27581. Acesso em: 15 maio 2021.

SENA, Priscila Machado Borges. Fontes de informação no ecossistema de startups de Florianópolis. 2020. 323 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2020. Disponível em: http://tede.ufsc.br/teses/PCIN0226-T.pdf. Acesso em: 15 maio 2021.

SPADOTTO, Karine; BEDIN, Jéssica. O perfil dos usuários da biblioteca do SENAI Chapecó a partir do mapa de empatia. In: PAVOWSKI, Luciana; SILVESTRE, Franco. As ciências sociais aplicadas e a competência no desenvolvimento humano 2. Ponta Grossa, PR: Atena Editora, 2020. Disponível em: https://www.atenaeditora.com.br/post-ebook/3060 . Acesso em: 15 maio 2021.

TIDD, Joe; BESSANT, Joe; PAVITT, Keith. Gestão da inovação. 3 ed. Porto Alegre: Bookman, 2008.

VALENTIM, Marta Lígia Pomim. Criatividade e inovação na atuação profissional. CRB8 Digital, v. 1, n. 1, 2008. Disponível em: http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/8827. Acesso em: 15 maio 2021.

VARVAKIS RADOS, Gregório Jean; INOMATA, Danielly Oliveira; TRZECIAK, Dorzeli Salete; MANHÃES, Maurício Cordeiro. Serviço de informação como fator de vantagem competitiva nas organizações. Biblios, Rio Grande, n. 65, p. 15-28, 2016. Disponível em: https://biblios.pitt.edu/ojs/index.php/biblios/article/view/318/275. Acesso em: 15 maio 2021.

Publicado
2022-05-01
Como Citar
SENA, P. Inovação para o desenvolvimento de serviços de informação. ConCI: Convergências em Ciência da Informação, v. 5, n. dossiê, p. 1-24, 1 maio 2022.