UM MAPA DA CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO: história, subáreas e paradigmas

Palavras-chave: Epistemologia da Ciência da Informação. História da Ciência da Informação. Paradigmas da Ciência da Informação

Resumo

O objetivo do artigo é fazer dialogar, numa única linha argumentativa, diferentes dimensões da discussão epistemológica sobre a ciência da informação: sua evolução histórica, as distintas subáreas que a compõem e a própria evolução do conceito de informação na área. Parte-se, assim, dos fatos que levaram à origem do campo e sua consolidação nas décadas de 1960 e 1970. A seguir, analisa-se a virada cognitiva nas décadas de 1980 e 1990 e o impacto da noção de “conhecimento” nas distintas subáreas. Logo após, são apresentadas as teorias contemporâneas que compõem a virada sócio-cultural do século XXI. Como saldo dessa evolução, sistematiza-se seis dimensões do conceito de informação. Por fim, são destacados alguns desafios contemporâneos colocados para a área

Biografia do Autor

Carlos Alberto Ávila Araújo, Universidade Federal de Minas Gerais - Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação
Professor associado da Escola de Ciência da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais, da qual foi diretor de 2014 a 2017. Presidente da Associação de Educação e Pesquisa em Ciência da Informação da Iberoamérica e Caribe - EDICIC (2016-2018). Vice-presidente da ANCIB - Associação Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação (2016-2018). Graduado em Jornalismo (1996), mestre em Comunicação Social (2000) e doutor em Ciência da Informação (2005) pela UFMG. Pós-doutor pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto (2011). Foi Editor Adjunto da revista Perspectivas em Ciência da Informação (1413-9936) de 2007 a 2011 e de 2013 e 2015. Fez parte, em 2008, da Comissão de planejamento e desenvolvimento do projeto pedagógico do curso de graduação em Arquivologia da UFMG e, em 2009, foi presidente da Comissão de planejamento e desenvolvimento do projeto pedagógico do curso de Museologia da UFMG. Foi membro da diretoria da Abecin. Atua nas áreas de Epistemologia da Ciência da Informação e suas relações com a Arquivologia, a Biblioteconomia e a Museologia, Estudos de Usuários da Informação.
Publicado
2018-07-23