Políticas Editoriais

Foco e Escopo

A revista Educação a Distância e Práticas Educativas Comunicacionais e Interculturais (EDaPECI) é um periódico quadrimestral apoiado por organismos de ensino e pesquisa das Universidades Federais de Sergipe (UFS) e de Alagoas (UFAL). O periódico tem como objetivo a divulgação científica nas temáticas apresentadas em seu título.

Neste espaço, a educação é o eixo transversal para discutir, divulgar, apontar soluções ou, até mesmo, questionar assuntos relativos às modalidades de educação presencial e a distância, educação e comunicação, formação de professores, informática na educação, inclusão e interculturalismo.

É uma Revista plural por nascimento!

ISSN: 2176-171X

 

Políticas de Seção

Artigos Gerais

Política padrão de seção

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

DA AVALIAÇÃO DOS TRABALHOS SUBMETIDOS À REVISTA EDAPECI
Os artigos são avaliados “às cegas” (sem identificação de autoria) pelo Conselho Deliberativo e pela(s) Comissão Editorial Nacional ou Internacional da revista, com reconhecida competência nos temas abordados, diversificados regional e institucionalmente, com parecer final da editoria científica. O prazo máximo para o processo avaliativo é de três meses. Os aspectos considerados na avaliação dos artigos são os seguintes:
- questões referentes à forma: os aspectos gramaticais e estilísticos.
- questões referentes ao conteúdo: a relevância do tema abordado, a definição da questão principal, a estrutura, o desenvolvimento e a conclusão do trabalho.
Os pareceres envolvem quatro tipos de julgamento:
- aceitar – o trabalho é aceito, aprovado e programado para publicação, podendo sofrer eventuais ajustes (respeitando-se o estilo e as opiniões dos autores, com vista a manter a qualidade editorial da revista.) na fase de revisão final do texto e do layout. Uma vez que o trabalho é aceito, o(s) autor(es) são informados por e-mail (conforme contato principal informado na submissão), via sistema da revista.
- revisões requeridas – O artigo é aprovado, desde que sejam realizadas as modificações solicitadas pelos avaliadores (pareceristas). Com isso, o(s) autor(es) devem providenciar os ajustes no trabalho, enviando nova versão para avaliação final.
- rejeitado – O artigo é recusado, sendo o(s) autor(es) informado(s) sobre esta decisão dos avaliadores (pareceristas).
- rejeitado "Submissão Inadequada" – O artigo é rejeitado por se tratar de submissão não adequada ao foco e escopo da revista.
Destaca-se que o trabalho será enviado a dois avaliadores (pareceristas). Havendo divergência de avaliação, o trabalho será encaminhado para um terceiro parecerista, defindo, assim, o resultado final da submissão.

Calibri Light

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...

 

Código de Conduta Editorial

Política de Ética em Publicações e Declaração de Procedimentos Impróprios em Publicações.

Este Periódico de Open Acess na área de Educação e Comunicação (Revista) tem o compromisso com a ética e qualidade de suas publicações. Padrões de comportamento ético são almejados por todas as partes – atores- envolvidas na publicação em nossa revista como o autor, o editor da revista, os revisores, avaliadores ad hoc, membros do conselho científico e editorial. Entre práticas não aceitáveis pela revista é a do plágio e auto plágio, mudanças somente de títulos em artigos anteriormente publicados, declarações fraudulentas ou intencionalmente imprecisas, bem como outras práticas não desejáveis. 

Deveres dos editores: 
• Decisão de publicação: Os editores da revista são os responsáveis pela deliberação sobre quais dos artigos submetidos à revista devem ser publicados, após a decisão dos avaliadores, os quais são escolhidos pelo método double blind review. Os editores são guiados pelas políticas do conselho editorial da revista e em estrita observância aos requisitos legais em matéria de difamação, violação de direitos autorais e plágio. Os editores podem consultar o Conselho Editorial ou colaboradores na tomada de decisões. O Conselho Editorial é constituído por representantes acadêmicos de diferentes instituições de ensino e pesquisa e diversas regiões do país e do exterior. Cabe, também, a cada membro do Conselho Editorial a função de ouvidor da comunidade científica atuante na área, garantindo a credibilidade acadêmica e a postura que se espera de uma revista científica.

• Regras justas: Os editores devem avaliar manuscritos no tocante ao seu conteúdo intelectual, sem distinção de raça, sexo, orientação sexual, crença religiosa, origem étnica, nacionalidade, ou a filosofia política dos autores e sem conflito de interesses. 

• Confidencialidade: Os editores e qualquer membro da equipe editorial não devem divulgar quaisquer informações sobre um manuscrito submetido a qualquer outra pessoa, com exceção do próprio autor, revisores, potenciais colaboradores e outros conselheiros editoriais. 

• Divulgação e conflitos de interesse: Os editores não devem usar informações que não tenham sido publicadas em sua própria investigação sem o consentimento expresso e por escrito do autor. Os editores devem se abster de avaliar manuscritos nos quais tenha algum conflito de interesse, resultante de relacionamentos competitivos ou colaborativos ou qualquer outro tipo de relacionamento ou conexões com qualquer um dos autores, empresas ou (possivelmente) instituições que estejam ligadas / conectadas aos artigos. Aos editores não caberá avaliar artigo de sua autoria, mesmo em co-autoria. Os editores poderão publicar artigos de sua lavra na presente revista, sem que passe por avaliação às cegas por seus pares, contanto que o mesmo artigo já tenha sido anteriormente publicado, seja por meio impresso e ou digital, mas que já tenha passado por qualquer sistema de avaliação. Os editores poderão, também, convidar autor de alto reconhecimento técnico e acadêmico para escrever artigo como colaborador/convidado para a EDaPECI.

• Participação e cooperação nas investigações: Os editores devem tomar medidas de resposta razoáveis quando reclamações éticas foram apresentadas em relação a um manuscrito submetido ou artigo publicado. 

• Erros fundamentais em obras publicadas: Quando um autor identificar um erro significativo ou imprecisão na sua própria obra publicada, é obrigação do autor notificar imediatamente os editores da revista e cooperar para retratar ou corrigir o artigo.  Isso deve ser realizado por meio do endereço eletrônico da revista. Os editores deverão retirar qualquer artigo de publicação da revista, caso o autor assim o deseje e se manifeste pelo email da revista – revistaedapeci@gmail.com, no prazo máximo de 10 dias da publicação.

Os editores poderão aceitar publicação de artigo não inédito contanto que no bojo do mesmo venha indicando a fonte de sua primeira publicação e a devida autorização do Publisher anterior, sobretudo quando o artigo tenha sido publicado por meio impresso e comercial.

Deveres dos revisores: 

• Contribuição para a decisão editorial: A revisão por pares às cegas auxilia os editores na tomada de decisões editoriais e por meio das comunicações editoriais com o autor pode, também, auxiliar os mesmoe no aperfeiçoamento do artigo. 

• Pontualidade: Qualquer avaliador selecionado que não se sinta qualificado para avaliar a pesquisa relatada em um manuscrito ou souber que a sua imediata revisão será impossível deve notificar o editor e declinar do processo de revisão no prazo de até 05 (cinco) dias. 

• Padrões de objetividade: Os comentários devem ser conduzidos de forma objetiva e os avaliadores devem expressar suas opiniões claramente, com argumentos de apoio de acordo com o formulário de avaliação que os mesmos recebem no momento do envio às cegas do artigo para avaliar. Quando do envio da decisão editorial, e caso o autor queira ter acesso ao formulário de avaliação, este será encaminhado, no entanto sem a identificação do avaliador, por questão de sigilo e ética.

Formulário de avaliação de trabalhos/artigos da EDaPECI

Avaliador:

1. Adequação do título ao conteúdo

   
   
   
   
   

2. Originalidade*

   
   
   
   
   

3. Clareza da redação

   
   
   
   
   

4. Organização do texto

   
   
   
   
   

5. Tabelas, quadros, gráficos e figuras

   
   
   
   
   
   

6. Clareza na definição do problema

   
   
   
   
   

7. Abrangência da revisão bibliográfica

   
   
   
   
   

8. Relações do problema com a literatura

   
   
   
   
   

9. Descrição da metodologia

   
   
   
   
   

10. Adequação da metodologia ao problema

   
   
   
   
   

11. Profundidade de análise

   
   
   
   
   

12. Coerência das conclusões com objetivos

   
   
   
   
   

 Comentários:

Recomendação final: 

O artigo deve ser rejeitado.
O artigo deve ser publicado se incorporar as modificações sugeridas.
O artido deve ser publicado sem alterações.

 

Avaliador

• Reconhecimento da fonte: Pares avaliadores devem identificar obras publicadas relevantes que não tenham sido citadas pelos autores. O revisor também indicar aos editores sobre qualquer semelhança substancial ou sobreposição entre o manuscrito em questão e qualquer outro documento publicado de que tenham conhecimento pessoal.

O autor de vários artigos publicados na revista, que possa não estar no Conselho Editorial, também poderá ser convidado a dar parecer sobre artigo submetido á publicação na revista. 

Deveres dos autores: 
• Padrões de relato: Os autores de relatórios de pesquisas originais deverão apresentar um relato preciso do trabalho realizado, bem como uma análise objetiva de seu significado. Dados subjacentes devem ser apresentados com precisão no artigo. Um documento deve conter detalhes e referências suficientes para permitir que outros possam replicar o trabalho. Declarações fraudulentas ou intencionalmente imprecisas constituem um comportamento antiético e são inaceitáveis. 

• Originalidade e plágio: Os autores devem garantir que suas obras sejam totalmente originais, e se os autores usaram o trabalho e / ou palavras de outros autores estas devem ter sido devidamente citadas ou cotadas. Plágio, em todas as suas formas, constitui um comportamento antiético de publicação e é inaceitável. 

• Publicações múltiplas, redundantes ou concorrentes: Um autor não deve, em geral, publicar manuscritos que descrevem essencialmente a mesma pesquisa em mais de uma revista ou publicação primária. Submeter o mesmo manuscrito a mais de uma revista simultaneamente ou publicar o mesmo artigo em diferentes revistas constituem um comportamento antiético de publicação e é inaceitável. 

• Reconhecimento de fontes: O reconhecimento adequado do trabalho de outros auores deve ser feito sempre. Os autores devem citar as publicações que têm sido influente na determinação da natureza do trabalho relatado. As informações obtidas em caráter privado, como na conversa, correspondência, ou discussão com terceiros, não devem ser utilizados ou relatados sem permissão explícita e por escrito da fonte. As informações obtidas no curso de serviços confidenciais, como manuscritos de arbitragem ou pedidos de subvenção, não devem ser utilizados sem a autorização explícita e por escrito do autor do trabalho envolvido nesses serviços. 

• Autoria do artigo: A autoria deve ser limitada a aqueles que fizeram uma contribuição significativa para a concepção, projeto, execução ou interpretação do estudo relatado. Todos aqueles que fizeram contribuições significativas devem ser listados como coautores. Outros que tenham participado em certos aspectos substantivos do projeto de pesquisa também devem ser reconhecidos ou listados como contribuidores. O autor deve se assegurar que todos os coautores adequados e nenhum inadequado sejam incluídos no artigo, e que todos os coautores viram e aprovaram a versão final do documento e concordaram em sua apresentação para publicação. 

• Divulgação e conflitos de interesses: Todos os autores devem divulgar em seus manuscritos qualquer conflito de interesse financeiro ou substantivo/material que poderiam influenciar os resultados ou as interpretações em seus manuscritos. Todas as fontes de apoio financeiro para o projeto devem ser divulgadas. 

Deveres do publisher:
A obtenção de verbas de publicidade, reimpressão ou outra receita comercial não gerará qualquer impacto ou influência sobre as decisões editoriais, pois um dos objetivos científicos da revista é a ampla divulgação do conhecimento.
Os editores divulgam os artigos da revista em mídias sociais, em vários grupos destas mídias. A EDaPECI mantém a página https://www.facebook.com/edapeci.edapeci.35, com o objetivo da maior divulgação do conhecimento produzido nos artigos publicados.

Taxa de autor(es)/ Author fees

Submissão, revisão e publicação do artigo: sem taxa.

Article Submission, review and publication: free.

* Esta Política de Ética é baseada em recomendações da Elsevier, Scopus, Scielo e do COPE Diretrizes de Melhores Práticas para Editores de Revistas.

* This statement is based on Elsevier recommendations and COPE's Best Practice Guidelines for Journal Editors.

Fonte original: http://publicationethics.org/files/Code_of_conduct_for_journal_editors_1.pdf

Direitos autorais 2018 Revista EDaPECI 

Licença Creative Commons
A Revista EDaPECI, na integralidade de seus trabalhos publicados, está licenciado sob a "Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional".
http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/

 

Política de Governança

O Conselho Editorial é constituído por representantes acadêmicos de diferentes instituições de ensino e pesquisa e diversas regiões do país e do exterior. Os seus membros atuam, preferencialmente, mas não exclusivamente, na área da Educação. Cada membro atua como conselheiro  científico e dos editores, interpretando e sugerindo aperfeiçoamentos na Política Editorial, divulgando a revista, posicionando-se como árbitro em questões estratégicas do envolvimento da EDaPECI no meio acadêmico e profissional. Cada membro assume, também, a função de ouvidor da comunidade científica atuante na área, garantindo a credibilidade acadêmica e a postura que se espera de uma revista científica. Trata-se de um colegiado interinstitucional, cuja atuação é feita de forma coletiva e democrática. A sua missão é assegurar a credibilidade dos procedimentos editoriais adotados e assumir a responsabilidade científica da revista. Esse conselho deve estar permanentemente ativo no cumprimento das definições gerais da política editorial da revista e, também, dos procedimentos editoriais previstos, particularmente no que se refere à garantia de consistência e qualidade das publicações. O Conselho Editorial não interfere na operacionalidade da revista, a qual é de responsabilidade do editor executivo e sua equipe  que atua no fluxo de trabalho, com auxílio do sistema Open Journal System – OJS. Os editores gerente e executivo atuam na seleção prévia de artigos encaminhados para a revista, no controle de plágio e auto plágio em várias bases e, também, na distribuição dos artigos entre os pareceristas (método double blind peer review). Os editores devem ter uma postura ativa e articulada nas ações junto ao Conselho Editorial e Conselho Deliberativo. Este último é responsável pelo delineamento das políticas gerais sobre a EDaPECI, constituindo-se em instância superior e final sobre questões no âmbito da administração geral da revista e sua relação com a comunidade acadêmico-científica. Um fluxograma das atividades do processo de editoração científica está explicitado na plataforma OJS, no item “Sobre/Sobre o Sistema de Publicação Eletrônica de Revistas”. Email da EDaPECI: revistaedapeci@gmail.com