A docência compartilhada em período de atendimento remoto

Resumo

A situação emergencial mundial, no âmbito da educação exigiu respostas rápidas que atendessem a demanda. Nesse sentido, os colégios da rede estadual do Paraná disponibilizaram aos docentes e discentes a plataforma Google Classroom que permitiu que conteúdos fossem transmitidos a muitos alunos. Essa investigação diagnóstica descreve como aconteceu a ampliação da participação dos alunos do 6º ano do ensino fundamental, de outubro a dezembro de 2020, nas aulas on-line pelo Google Meet, utilizando como procedimento metodológico para os docentes a docência compartilhada. A pesquisa teve caráter exploratório e descritivo e para elucidar como aconteceu a ampliação da participação dos estudantes nesse processo optou-se por elaborar dois instrumentos de coleta de dados do tipo questionário e dados compilados do Software Power BI. De acordo com dados observou-se que a soma das participações dos alunos em aulas on-line, onde a docência foi por disciplinas obteve um total de 25 (4,2%) participações. Enquanto, a soma das participações dos alunos nas aulas com docência compartilhada foi de 561 (95,7%). Logo, ao utilizar a docência compartilhada nas aulas on-line ampliou-se o número de participações dos alunos oportunizando maior interação em seu processo de aprendizagem.

Palavras-chaves: Docência. Ensino Remoto. Interação.

Biografia do Autor

Vandra Feretti, Universidade Federal do Paraná setor Litoral

Atua em todos os níveis da Educação Básica, como Coordenadora na Escola Municipal Quatro de Março (2020), Professora em Ensino Fundamental  Colégio Estadual Professora Tereza da Silva Ramos (2018). Possui Graduação em Pedagogia (2005) e Letras (2006) ambas pela FAFIPAR, especialização em Educação Especial Inclusiva pelo Instituto Tupy  Sosiec (2009) e Especialização em Serviço Social Questão na perspectiva interdisciplinar pela UFPR LITORAL (2010), Curso de Especialização em Alternativas para uma Nova Educação (2018).Curso de Extensão Universitária em Modalidades de oferta do Ensino Médio pela UFPR (2017), Programa de Capacitação Avançada pela São Braz (2016), Curso de Extensão para as Relações Étnicos Raciais  (2018) pela UFPR ?LITORAL e participação na Equipe Multidisciplinar : Currículo, Mídia e Educação Étnico Racial - 2018 e 2019 pela (SEED). Mestranda PROFICIAMB UFPR - Litoral (2020)

Emerson Joucoski, Universidade Federal do Paraná setor Litoral

Doutor em Ensino de Ciências pela pós-Graduação Interunidades em Ensino de Ciências - área Ensino de Física, USP, orientador Alberto Villani: estudo sobre o desenvolvimento profissional de professores e inovação curricular. Realizou doutorado sanduíche, com bolsa CAPES PDSE, na Universidade do Porto (Portugal) de abril a agosto de 2014 com o professor João Miguel Teixeira Lopes, no departamento de Sociologia. Mestre em Física pela UFPR na área de Física Atômica e Molecular. Bacharel em Física pela UFPR. Docente DE da UFPR Setor Litoral. Trabalhou no ensino médio e pré-vestibular durante doze anos. Desenvolveu softwares para gerenciamento de base de dados quando no Colégio OPET (ensino médio Técnico em Processamento de Dados). Cursou dois anos de matemática na PUC-PR. Lecionou Matemática para o ensino fundamental II (6º a 9º anos) no colégio Modelo (Curitiba-PR), Física no ensino médio do colégio Estadual do Paraná (Curitiba-PR) e no pré-vestibular Dom Bosco (Curitiba-PR). Desenvolveu no grupo Dom Bosco projetos voltados à área educacional que visavam usar a informática como um material de apoio para o professor em sala de aula. Desenvolveu e criou softwares para os professores baseadas nas mais diversas tecnologias da informática: Internet, aulas on-line, animações em computação gráfica e softwares de apresentação. Participou, no colégio Martinus (Curitiba-PR), como professor de Física do ensino médio e na implementação de atividades de ensino com projetos e situações-problemas assessorados por profissionais na área de educação. Lecionou Física para o ensino médio e pré-vestibular, no colégio Nossa Senhora da Assunção (Curitiba-PR), onde também desenvolveu atividades na área de informática e no ensino do xadrez. Foi professor substituto no departamento de Física da UFPR (Curitiba-PR) onde lecionou disciplinas de Física Básica. Foi professor e vice-coordenador do curso de Física no Centro Universitário Uniandrade (Curitiba-PR) onde lecionou diversas disciplinas da área de Exatas e Tecnológicas para graduações e licenciaturas. Leciona atualmente nas áreas de Exatas, Tecnológicas e Humanas para graduações, pós-graduações e especializações. Desenvolveu projeto de pesquisa sobre o xadrez escolar na região do litoral do estado do Paraná. Trabalhou como coordenador em projetos para a capacitação de docentes no município de Morretes-PR. Coordena projetos voltados à educação pública e à área de Exatas no litoral do estado do PR. Ex-doutorando na área de Filosofia da Ciência - Epistemologia e Lógica na UFSC, sob orientação dos prof. Newton Carneiro Affonso da Costa e Décio Krause e coorientação do prof. Adonai Schlup SantAnna. Desenvolve ações de Divulgação Científica no programa de extensão Laboratório Móvel de Educação Científica (LabMóvel) da UFPR Litoral. Realiza pesquisas nas áreas de formação e desenvolvimento profissional de professores, nas atividades de Divulgação Científica do LabMóvel, no Laboratório de Análise de Redes (LAR) e dá apoio às estatísticas de vários grupos de pesquisa da UFPR. Foi coordenador do curso de Licenciatura em Ciências da UFPR Litoral (gestão 2015-2017).

Publicado
2021-03-22