Rádio contemporâneo: o modelo de negócio e o poder de referência do meio sob tensão

  • Luiz Arthur Ferraretto Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS/Brasil
Palavras-chave: áudio, rádio expandido, multiplicidade da oferta, modelo de negócio, poder de referência

Resumo

Reflexão sobre o rádio na contemporaneidade face aos desafios provocados
pelas redes sociais e pela aparente perda de influência dos meios de
comunicação tradicionais em relação a grupos de compartilhamento de
conteúdo nos quais proliferam alta quantidade das chamadas fake news.
Amparada na economia política da comunicação, procura trabalhar com os
conceitos de fase da multiplicidade da oferta (BRITTOS, 2002) e rádio expandido
(KISCHI-NHEVSKY, 2016), levantando questionamentos a respeito
do meio e do atual modelo de negócio hegemônico nas emissoras do Brasil.
Considera ainda o crescimento dos conteúdos de áudio – em especial, na
forma de podcasts – no cenário dos meios de comunicação convencionais

Biografia do Autor

Luiz Arthur Ferraretto, Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS/Brasil

Doutor em Comunicação e Informação pela
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, onde
atua no curso de Jornalismo e no Programa de
Pós-graduação em Comunicação e Informação
(PPGCOM), Brasil

Publicado
2019-06-14