Raça e Racismo nos estudos em Economia Política da Comunicação: da resistência à construção de uma agenda de pesquisa

Resumo

Este artigo reflete sobre a contribuição que a EPC pode oferecer aos estudos sobre raça e comunicação e, ao mesmo tempo, sobre a importância de investigações sobre a temática como potencializadoras de diálogos entre a EPC e outras perspectivas. O trabalho aponta para a construção de uma agenda de pesquisa com três eixos: trabalho, políticas de comunicação e racismo algorítmico/vigilância. O objetivo é contribuir para a ampliação do olhar sobre a produção, circulação e distribuição dos recursos da comunicação e cultura, a partir da centralidade e da intersecção entre classe, raça, gênero e outras variáveis como totalizantes e não fragmentadoras.

Biografia do Autor

Paulo Victor Melo, Universidade Federal de Sergipe

Paulo Victor Melo, doutor em Comunicação e Cultura Contemporâneas, professor universitário e pesquisador das questões que envolvem comunicação e direitos humanos, mídia e racismo, políticas de comunicação.

Publicado
2020-10-10