Por uma economia política do audiovisual no capitalismo global

  • Kátia Morais Universidade do Estado da Bahia (UNEB)Universidade Federal da Bahia (UFBA)
  • Othon Jambeiro Universidade Federal da Bahia

Resumo

Este artigo discute questões centrais da subárea da Economia Política do Audiovisual. Parte-se da compreensão de que, no capitalismo, produções audiovisuais para diferentes meios (cinema, televisão, internet) são, antes de tudo, mercadorias produzidas e distribuídas dentro de uma estrutura industrial cujas estratégias econômicas geram efeitos políticos e ideológicos que devem ser levados em conta na investigação científica. O trabalho apresenta um panorama das principais vertentes e características dos estudos nesta subárea e aponta questões-chave para análises no capitalismo global, considerando o aprofundamento das contradições nas relações de produção, distribuição e consumo que afetam as indústrias audiovisuais ao redor do mundo.

Biografia do Autor

Kátia Morais, Universidade do Estado da Bahia (UNEB)Universidade Federal da Bahia (UFBA)

Professora Assistente da Universidade do Estado da Bahia, Departamento de Ciências Humanas. Doutora em Comunicação e Cultura Contemporâneas na Universidade Federal da Bahia, com pesquisa sobre políticas para o audiovisual no Brasii.

 

Othon Jambeiro, Universidade Federal da Bahia

PhD em Comunicação pela Universidade Politécnica de Londres (atual Universidade de Westminster). Professor do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas da Universidade Federal da Bahia.

Publicado
2020-10-10