Indústrias de mídia e racismo

Vidas negras no submundo da sociedade midiatizada

Resumo

Com o objetivo de pensar as relações raciais relacionadas aos estudos da Economia Política da Comunicação (EPC), proponho uma análise evidenciando o quanto o racismo é parte do capitalismo e o quanto a indústria cultural se fortalece e se expande se valendo de hierarquias raciais. As indústrias de mídia promovem dominação cultural em articulação com fatores econômicos e políticos que determinam a subjugação de pessoas negras na sociedade midiatizada. Com os Estudos Culturais, debato como práticas culturais e processos comunicativos se influenciam mutuamente por meio de significações do cotidiano apropriados pela indústria cultural. 

Biografia do Autor

Ana Clara Gomes Costa, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Doutoranda em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), mestra em Comunicação pela Universidade Federal de Goiás (UFG), especialista em Patrimônio, Direitos Culturais e Cidadania e graduada em Jornalismo, também pela UFG.

Publicado
2022-05-15
Seção
DOSSIÊ TEMÁTICO