As Fake News e o Ministério da Verdade Corporativa

  • Afonso Albuquerque Universidade Federal Fluminense

Resumo

O artigo enfoca o combate à desinformação de uma perspectiva de economia política, tendo em vista um conjunto de interesses políticos e econômicos que são patrocinados por uma gama distinta de agentes institucionais. Em particular, sugerimos que o fenômeno do fact-checking, assim como a rede de combate à desinformação que se estrutura em torno dele, tem sólidas raízes em modelos de gestão da produção e difusão de conhecimento legitimado, que são associados ao projeto de globalização neoliberal.

Publicado
2021-03-19