Mudanças relevantes na indústria da música em tempos de pandemia

Plataformização e financeirização no streaming de áudio e vídeo

  • Leonardo De Marchi Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
  • Micael Herschmann Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
  • Marcelo Kischinhevsky Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Resumo

Tomando como base uma revisão da literatura especializada e uma pesquisa empírica de caráter exploratório, busca-se analisar tendências da produção, circulação e consumo na indústria da música, em especial através de lives e serviços de streaming de áudio e vídeo, notadamente nas plataformas Spotify e TikTok. Pode-se constatar que a imposição de medidas de isolamento social por conta da pandemia de Covid-19 vem contribuindo para promover significativas mudanças nos hábitos das audiências – em um contexto de crescente plataformização da economia e da cultura – em diversas partes do globo.

Biografia do Autor

Leonardo De Marchi, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Doutor em Comunicação, Professor Adjunto da Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e membro permanente do Programa de Pós-Graduação em Comunicação (PPGCOM) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

Micael Herschmann, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Doutor em Comunicação, pesquisador do CNPq, Professor Titular da Escola de Comunicação e do quadro fixo do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFRJ, onde também dirige o grupo de pesquisa NEPCOM. 

Marcelo Kischinhevsky, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Doutor em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e professor adjunto do Núcleo de Rádio e TV da mesma instituição. Membro permanente do Programa de Pós-Graduação em Comunicação (PPGCOM) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). 

Publicado
2022-10-07