Comunicação, democracia e movimentos sociais

as origens das lutas pela democratização da comunicação no Brasil (1975-1988)

  • Luiz Felipe Ferreira Stevanim Universidade Federal do Rio de Janeiro

Resumo

As primeiras mobilizações pela democratização da comunicação surgiram no contexto das lutas por democracia no Brasil, entre a segunda metade da década de 1970 e 1988. As demandas centrais eram o enfrentamento do Estado autoritário e do poder da mídia comercial e a defesa do direito social à comunicação, em consonância com os debates da Nova Ordem Mundial da Informação e da Comunicação (Nomic). Umbilicalmente ligada à luta por cidadania e direitos, a democratização da comunicação já se afirmava como condição necessária para a democracia, mas enfrentava obstáculos estruturais como a incidência de interesses privados no Estado brasileiro.

Biografia do Autor

Luiz Felipe Ferreira Stevanim, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Doutor em Comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Jornalista e editor do Programa Radis da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Publicado
2022-10-07