Marx e o Sul Global

Conectando história e teoria do valor

  • Lucia Pradella King’s College London
  • Rodrigo Moreno Marques UFMG
  • Manoel Dourado Bastos UEL

Resumo

Este artigo examina a crítica da economia política de Marx no contexto do Sul Global e das epistemologias do sul. Traça as raízes contra- ditórias de uma concepção não-eurocêntrica da história em Adam Smith. Ao recuperar as sociologias do colonialismo de Marx, silenciadas em seus textos e cadernos de anotações, o artigo mostra que Marx incorporou o colonialismo e o imperialismo em suas análises da acumulação. O antagonismo entre trabalho assalariado e capital deve ser entendido como uma tendência global, abrangendo uma hierarquia de formas de exploração e opressão. frequentemente ignorado

Biografia do Autor

Lucia Pradella, King’s College London

Professora de Economia Política Internacional no King’s College London

Rodrigo Moreno Marques, UFMG

Professor da Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte (MG)

Manoel Dourado Bastos, UEL

Professor da Universidade Estadual de Londrina, Londrina (PR)

Publicado
2022-05-15
Seção
DOSSIÊ TEMÁTICO