Cine Argentino – por que ele é bom... será?

Cláudio Nazareno

Resumo


O artigo lança luz na percepção, de alguns, de que a indústria argentina
de cinema possui filmes de melhor “qualidade” que sua congênere brasileira.
Utilizando uma análise multidimensional para a questão, o trabalho
apresenta aspectos da sociedade argentina e analisa os números das produções
nacionais, as premiações e as políticas de exibição de ambos os
países. O autor conclui que mais do que grandes diferenças (intangíveis) de
qualidade, as obras possuem grande sucesso junto a determinados públicos
brasileiros devido às obras exportadas serem sucesso de bilheteria no
seu país de origem e às grandes semelhanças culturais existentes entre as
sociedades


Palavras-chave


Cinema; Brasil; Argentina; relevância cultural; sociedade

Texto completo:

PDF