STJ Notícias como TV Pública: a participação cidadã da audiência em relação ao processo de produção de notícia

  • Jacqueline de Lima Santana Universidade Católica de Brasília (PPGCOM/UCB)
  • Robson Dias Universidade Católica de Brasília (PPGCOM/UCB)
  • Eliane Lacerda Muniz Universidade Católica de Brasília (PPGCOM/UCB)
  • Victor Márcio Laus Reis Gomes Universidade Católica de Brasília (PPGCOM/UCB)
Palavras-chave: TV Pública, TV Justiça, STJ Notícias, Jornalismo, Newsmaking

Resumo

A TV Justiça é considerada uma TV Pública. Nesse contexto, a participação popular e cívica se faz presente. Em abordagem exploratória, qualitativa, entrevistas em profundidade foram realizadas junto à equipe do STJ Notícias. O objetivo: investigar a efetiva participação do público em relação ao noticiário e como isso influenciaria as rotinas produtivas. Os resultados mostram certa influência do público, mas de modo acessório, sem ser considerado o definidor primário. É evidenciada, ainda, uma realidade organizacional que sistematiza a participação popular

Biografia do Autor

Jacqueline de Lima Santana, Universidade Católica de Brasília (PPGCOM/UCB)
Jornalista do STJ Notícias e membro do Grupo de Estudos Avançados em Comunicação Mediática e Organizacional, do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Católica de Brasília (PPGCOM/UCB).
Robson Dias, Universidade Católica de Brasília (PPGCOM/UCB)
Jornalista, doutor e mestre em Comunicação. Pesquisador e professor do PPGCOM/UCB, membro do referido grupo
Eliane Lacerda Muniz, Universidade Católica de Brasília (PPGCOM/UCB)
Jornalista, mestre em Comunicação. Pesquisadora e professora da UCB, membro do referido grupo.
Victor Márcio Laus Reis Gomes, Universidade Católica de Brasília (PPGCOM/UCB)
Publicitário, doutor em Comunicação e mestre em Administração. Pesquisador e professor do PPGCOM/UCB, membro do referido grupo.
Publicado
2017-09-10
Seção
DOSSIÊ TEMÁTICO: 50 ANOS DA TV PÚBLICA NO BRASIL