Revista Eptic

Revista Eptic, ISSN 1518-2487, classificada como QUALIS B1, na área de Ciências Sociais Aplicadas I,  é produzida Observatório de Economia e Comunicação (OBSCOM) e  vinculada aos programas de pós-graduação em Comunicação (PPGCOM), Economia (NUPEC), da Universidade Federal de Sergipe.

Criada em 1999, a partir de um projeto de organização de uma rede de pesquisadores a partir dos grupos de trabalho de Economia Política da Comunicação da ALAIC (Asociación Latino-americana de Investigadores de la Comunicación) e da INTERCOM (Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação).

Este periódico eletrônico quadrimestral, é a única publicação do país a tratar especificamente da Economia Política da Comunicação e da Cultura, tendo forte impacto na sua área específica de atual, tanto em nível nacional quanto internacional.

Divergindo do pensamento único, na multiplicidade organizacional, o grupo de pesquisadores da Rede Eptic foca seus estudos em Economia Política da Comunicação, em tópicos como o processo de oligopolização da mídia, as políticas de comunicação, as inovações na área informacional, a funcionalidade da cultura no capitalismo e os lugares da democracia e da diversidade nessas dinâmicas, sendo protagonista na organização dos estudos críticos em Economia Política da Comunicação no Brasil, na América Latina e na Europa, onde atua em parceria com a Ulepicc (Unión Latina de Economía Politica de la Información, la Comunicación y la Cultura), entidade em cuja fundação teve papel protagonista.


Eptic Magazine, ISSN 1518-2487, classified as QUALIS B1, in the field of Applied Social Sciences I, is produced by the Observatório de Economia e Comunicação – Observatory of Economy and Communication (OBSCOM) and connected to the Post Graduation programs in Communication (PPGCOM) and Economy (NUPEC) of the Federal University of Sergipe.

Created in 1999, from an organizational project of a network of researchers derived from the Political Economy of Communication work groups of the ALAIC (Asociación Latino-americana de Investigadores de la Comunicación) and of INTERCOM (Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação – Brazilian Society of Interdisciplinary Communication Studies).

This quarterly electronical journal is the only publication in the country to deal specifically with the Political Economy of Communication and Culture, and has great impact in its specific area of activity, at both national and international levels.

Diverging from the single thought, with organizational multiplicity, the group of researchers in the Eptic Network focuses its studies on the Political Economy of Communication, on subjects such as the process of media oligopolization, communication policies, the innovations in the informational area, the functionality of culture in capitalism and the places of democracy and diversity in these dynamics, it is the protagonist in the organization of critical studies of Political Economy of Communication in Brazil, Latin America and Europe, where it acts in partnership with the Ulepicc (Unión Latina de Economía Politica de la Información, la Comunicación y la Cultura), an entity in whose foundation it had an important role.



Imagem para capa da revista

Revista EPTIC - Revista eletrônica internacional de Economia Política da Informação, da Comunicação e da Cultura – www.revistaeptic.ufs.br

CHAMADA DE ARTIGOS PARA O DOSSIÊ TEMÁTICO: “Golpe, impeachment, comunicação e a atual conjuntura brasileira”

 

A REVISTA EPTIC, produzida pelo Observatório de Economia e Comunicação (OBSCOM) da Universidade Federal de Sergipe (UFS), informa que está aberta a chamada de artigos para a edição de maio-agosto, vol. 20, n. 2, que terá como tema de seu dossiê temático: Golpe, impeachment, comunicação e a atual conjuntura brasileira”.  

 

O golpe parlamentar sacramentado em agosto de 2016, responsável pela ascensão de Michel Temer (PMDB) à presidência e a destituição de Dilma Rousseff (PT), apresenta desdobramentos dramáticos até o presente momento. As consequências podem ser verificadas em questões envolvendo a cobertura dos meios de comunicação acerca do fato, as políticas públicas de comunicação e tecnologia, e a divisão de verba governamental de propaganda.

 

Além disso, a disputa pelos significados do golpe parlamentar deu-se nas ruas, nos meios de comunicação tradicionais e nas redes. Apesar da importância central do tema e das diversas frentes a partir das quais pode ser tratado, poucos foram os estudos dentro do campo da comunicação que buscaram compreender a atual conjuntura atravessada pelo país.

 

Tendo em vista a necessidade de disponibilizar, dentro do campo da comunicação, conhecimento acadêmico sobre esse tema central, a revista Eptic, em seu volume 20, número 2, convoca estudiosos dos campos críticos da comunicação a enviarem suas contribuições acerca dos diversos desdobramentos do golpe parlamentar em temas ligados á Economia Política da Comunicação, e aos demais subcampos críticos da área.

 

Espera-se o recebimento de artigos que analisem a conjuntura conturbada pela qual passa o país sob as mais diversas perspectivas. Entre as sugestões de temas que podem ser tratados estão:

 

  • Análise da cobertura do campo jornalístico sobre o golpe, estabelecendo ligações entre as mensagens midiáticas e a conjuntura política vivida pelo país.
  • Estudos sobre políticas públicas de Comunicação e Telecomunicações no Governo Temer
  • O desmonte da Empresa Brasil de Comunicações, assim como seu uso na apoio às políticas do Governo Temer
  • Análise dos interesses do empresariado de comunicação e a distribuição de verba para propaganda oficial no governo Temer.
  • Insurgências comunicacionais durante o Governo Temer: resistência ao golpe e sua eficácia (ou ineficácia) nas ruas e nas redes.
  • Mudanças na política de Software Livre no Governo Temer

 

Prazo para submissão dos artigos: 29 de janeiro de 2018

Data de publicação da revista: maio de 2018

Coordenadoras do Dossiê temático: Prof. Dr. Carlos Figueiredo (Universidade Federal de Sergipe)

Mais informações e normas para submissão em: http://www.seer.ufs.br/index.php/eptic/about/submissions#onlineSubmissions

Revista EPTIC - Revista eletrônica internacional de Economia Política da Informação, da Comunicação e da Cultura – www.revistaeptic.ufs.br

 

CALL FOR PAPERS FOR THE DOSSIER 

" Coup d’etat, Impeachment and nowadays Brazilian Conjecture".

 

The EPTIC MAGAZINE, an initiative of the Observatory of Economics and Communication (OBSCOM) of the Federal University of Sergipe (UFS), announces that the call for papers for the January-April edition, vol. 20, n. 2, which will be the dossier: " Coup d’etat, Impeachment and nowadays Brazilian Conjecture”.  

 

Late Brazilian parliamentary coup d’etat presents dramatic developments to date. The political maneuver was consolidated in August 2016, leading to the Michel Temer rise to the presidency and the Dilma Rousseff impeachment. Consequences can be seen in issues involving media coverage about that fact, public communication and technology policies, and allocation of government-appointed propaganda money.

 

Moreover, the struggle around the parliamentary coup d’etat meanings have happened in the streets, traditional media and social media. Despite issue centrality and diverse ways by which it can be analyzed, the academic communication field has produced very few analyses about the parliamentary coup d'etat and nowadays Brazilian conjecture.

 

In view of the necessity to make available knowledge about that central issue within academic communication field, Epic magazine calls Political Economy of Communication researches and others critical communication researchers to send their contributions about Brazilian parliamentary coup d'etat unfolding. The chosen papers will be published in Eptic's volume 20, number 2.

 

Eptic's editorial board expect to receive papers about the troubled Brazilian conjecture under the most diverse perspectives. The following issues are suggestions about how nowadays Brazilian conjecture can be analyzed:

 

  • Coup d'etat news coverage analyses that establishes linkages among news messages and Brazilian conjecture
  • Researches on Communications and Telecommunications public policies in Temer government.
  • The dismantling of the newborn Public Media System (Empresa Brasil de Comunicações) such as its usage to ideological support to Temer government policies
  • Analyses of Brazilian Media Moguls interests and government-appointed propaganda official resources distribution in Temer government
  • Communicational Insurgences against Temer government: resistances against coup d’etat and its effectiveness (or uneffectiveness) in the streets and social media.
  • Changes about the governmental Free Software usage in Temer government.

 

Deadline for submission of articles: January 29, 2018

 

Journal's publication date: may 2018

 

Coordinators of the thematic Dossier:  Prof. Dr. Carlos Figueiredo (Universidade Federal de Sergipe)

More information and norms for submission at: http://www.seer.ufs.br/index.php/eptic/about/submissions#onlineSubmissions

 

 

 

Revista EPTIC - Revista eletrônica internacional de Economia Política da Informação, da Comunicação e da Cultura – www.revistaeptic.ufs.br

 

LLAMADA DE RECEPCIÓN ARTÍCULOS PARA EL DOSSIER TEMÁTICO “ Golpe, impeachment, comunicación y la actual coyuntura brasileña”

 

 La Revista EPTIC, producida por el Observatorio de Economía y Comunicación (OBSCOM) de la Universidad Federal de Sergipe (UFS), informa que está abierta la llamada para la recepción  de artículos para la edición de mayo-ago, vol 20, n,2, que tendrá como tema de su dossier temático Golpe, impeachment, comunicación y la actual coyuntura brasileña”.

 

El golpe parlamentario sacramentado en agosto de 2016, responsable por la ascensión de Michel Temer (PMDB) a la presidencia y la destitución de Rousseff (PT), presenta desdoblamientos dramáticos hasta el presente momento. Las consecuencias pueden ser verificadas en cuestiones que involucran la cobertura de los medios de comunicación acerca del hecho, las políticas públicas de comunicación y tecnología, y la división de fondos gubernamentales de propaganda entre las empresas de comunicación.

 

Además, la disputa por los significados del golpe parlamentario se dio en las calles, en los medios de comunicación tradicionales y en las redes. A pesar de la importancia central del tema y de los diversos ángulos a partir de los cuales puede ser tratado, hay pocos estudios dentro del campo de la comunicación que buscan comprender la actual coyuntura que Brasil enfrenta.

 

En cuanto a la necesidad de disponer, dentro del campo de la comunicación, conocimiento académico sobre ese tema central, la revista Eptic, en su volumen 20, número 2, convoca a estudiosos de los campos críticos de la comunicación a enviar sus contribuciones acerca de los diversos desdoblamientos del golpe parlamentario en temas ligados a la Economía Política de la Comunicación, ya los demás subcampos críticos dentro de esto campo.

 

Se espera la recepción de artículos que analizen la coyuntura conturbada por la que pasa el país bajo las más diversas perspectivas. Entre las sugerencias de temas que se pueden tratar están:

 

  • Análisis de la cobertura del campo periodístico sobre el golpe, estableciendo vínculos entre los mensajes mediáticos y la coyuntura política vivida en Brasil.
  • Investigaciones sobre políticas públicas de Comunicación y Telecomunicaciones en el Gobierno Temer
  • El desmonte de la Empresa Brasil de Comunicaciones, así como su uso en el apoyo a las políticas del Gobierno Temer
  • Insurgencias comunicacionales durante el Gobierno Temer: resistencia al golpe y su eficacia (o ineficacia) en las calles y en las redes.
  • Cambios en la política de software libre en el Gobierno Temer

 

Fecha para el envio de artículos: 29 de enero de 2018

Fecha para la publicación: mayo de 2018

Coordenadoras do Dossiê temático: Prof. Dr. Carlos Figueiredo (Universidade Federal de Sergipe)

Más informaciones y normas para el envío:  em: http://www.seer.ufs.br/index.php/eptic/about/submissions#onlineSubmissions