PRODUÇÃO CIENTÍFICA SOBRE DIVERSIDADE SEXUAL E LGBTFOBIA NOS GTs DA ANPED

Resumo

A presente pesquisa, do tipo Estado da Arte, realiza uma investigação das produções sobre as pesquisas que trazem em sua temática o cenário da produção sobre diversidade sexual e LGBTfobia nas escolas apresentadas nos Grupos de Trabalhos (GT) da ANPED. Nossa problematização pretende investigar quais as contribuições teórico-metodológicas desenvolvidas no campo da produção científica sobre diversidade sexual e LGBTfobia nas escolas. Para realizarmos essa coleta, elencamos como objetivo geral estudar as contribuições teórico-metodológicas desenvolvidas no cenário da produção científica sobre diversidade sexual e LGBTfobia na escola. Usamos como teóricos para embasar nossas análises: Foucault (1999); Borrillo (2010); Prado (2008) entre outros. Nossas conclusões apontam para uma crescente teorização pós-estruturalista de textos e autores/as que utilizam as abordagens de gênero e sexualidade (canônicas e decolonias) para fundamentar pesquisas que buscam o enfrentamento da LGBTfobia nas escolas.

Palavras-chave: LGBTfobia. Diversidade Sexual. Escola.

Biografia do Autor

Filipe Antonio Ferreira da Silva, Universidade Federal de Pernambuco - UFPE

Doutorando em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação pela UFPE (Bolsa FACEPE).

Allene Carvalho Lage, UFPE/UFRGS/Universidade de Coimbra

Pós-doutora em Direitos Humanos pelo PPGDH/UFPE (2016). Pós-doutora em Educação na UFRGS (2012). Doutora em Sociologia pela Universidade de Coimbra (2006).

Referências

ANPED. Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação. Disponível em: http://Www.Anped.org.br/Reunioes-Cientificas/Nacional. Acesso em: 15/07/2017.

BRAGA, Denise da Silva. (2004) A educação sexual no cotidiano da escola: entre a visibilidade das formas reais de manifestação das sexualidades e a conformação à heterossexualidade. Disponível em: http://27reuniao.Anped.org.br/Gt14/T145.Pdf. Acesso em: 15/06/2017.

BRENNER, Ana Karina (2012). Repercussões da Experiência Militante em outras Esferas da Vida: Jovens engajados em partidos políticos. Disponível em: http://35reuniao.anped.org.br/Images/Stories/Trabalhos/Gt03%20trabalhos/Gt03-2416_Int.Pdf Acesso em: 15/06/2017.

CAVALEIRO, M. Cristina (2006). A Escola em movimento: Feminilidades homossexuais, identidades, pertencimento e exclusão. Disponível em: Http://29reuniao.anped.org.br/Trabalhos/Trabalho/Gt03-2589--Int.Pdf. Acesso em: 15/06/2017.

CÉSAR, Maria Rita de Assis. As Novas Práticas de Governo na Escola: O Corpo e a sexualidade entre o centro e as margens. BRANCO, Guilherme Castelo; VEIGA-NETO, Alfredo (Org.). Foucault Filosofia e Política: Editora Autêntica, 2013.

FERRARI, Anderson (2004) “Você não sabe ainda como eu vim para o mgm?” Educação e construção de identidades homossexuais: Adolescentes no movimento gay. Disponível em: http://27reuniao.anped.org.br/Gt03/T032.Pdf. Acesso em: 15/06/2017.

FOUCAULT, Michel. História da Sexualidade. Tradução Maria Thereza da Costa Albuquerque, J. A. Guilhon Albuquerque. 13. ed. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1999. v. 1: A vontade de saber. Tradução de: Histoire de la sexualité I: la volonté de savoir.

GROPPO, Luís Antonio. (2017). Ação coletiva e formação política: Os coletivos juvenis e a ocupação de uma universidade no sul de minas gerais. Disponível em: http://38reuniao.anped.org.br/Sites/Default/Files/Resources/Programacao/Trabalho_38anped_2017_Gt03_77.pdf. Acesso em: 15/06/2017.

JULIO, Josimeire Meneses, VAZ, Arnaldo. (2009) Perspectivas de investigação da sala de aula a partir de uma teoria social de gênero. Disponível em: http://32reuniao.Anped.Org.Br/Arquivos/Trabalhos/Gt14-5734--Int.Pdf. Acesso em: 15/06/2017.

LAVILLE, Christian; DIONNE, Jean. A construção do saber: Manual de metodologia da pesquisa em ciências humanas. Porto Alegre, Editora Ufmg, 1999.

LOURO, Guacira Lopes. Gênero, sexualidade e educação: Uma perspectiva pós-estruturalista. Petrópolis, Rj: Vozes, 1997.

NOGUEIRA. Paulo Henrique de Queiroz (2010). Juventude: Entre a indisciplina e a zoação – Ufmg. Disponível em: Http://33reuniao.Anped.Org.Br/33encontro/App/Webroot/Files/File/ Trabalhos%20em%20pdf/Gt03-6467--Int.Pdf. 2010. Acesso em 15/06/2017.

PEREIRA, Fábio Hoffmann. (2015) Configuração do ofício de aluno: Meninos e meninas na escola. Disponível em: http://37reuniao.Anped.Org.Br/Wp-Content/Uploads/2015/02/Trabalho-Gt14-3976.Pdf. Acesso em: 15/06/2017.

RIBEIRO, Cláudia Maria; FILHA, Constantina Xavier. Trajetórias teórico-metodológicas em 10 anos de produção do Gt 23. Disponível em: Http://36reuniao.Anped.Org.Br/Pdfs_Trabalhos_ Encomendados/Gt23_Trabencomendado_Claudiaribeiro.Pdf. Acesso em: 20/07/2017.

RIBEIRO, Cláudia Maria; FILHA, Constantina Xavier. Trajetórias teórico-metodológicas em 10 anos de produção do Gt 23. Disponível em: Http://36reuniao.Anped.Org.Br/Pdfs_Trabalhos_ Encomendados/Gt23_Trabencomendado_Claudiaribeiro.Pdf. Acesso em: 20/07/2017.

SANTOS, Maria do Carmo Gonçalo. As contribuições do currículo da formação para a prática pedagógica docente com gênero e sexualidade na educação básica. Tese De Doutorado – (Educação) Universidade Federal De Pernambuco, Ufpe. Programa de Pós-Graduação em Educação, 2016.

SOUZA, João Francisco de. E a educação: ?? quê ?? a educação na sociedade e/ou a sociedade na educação. Edições bagaço, janeiro de 2004.

Publicado
2020-09-15
Seção
Questões étnico-raciais e de gênero: Literatura e Educação