INTIMIDADE: BUSCA E INQUIETAÇÃO

  • Dionei Mathias

Resumo

Este artigo pretende analisar a narração de intimidade no romance O Buda do Subúrbio, escrito em 1990 pelo escritor britânico, Hanif Kureishi. Entendida como parte essencial da construção de identidade, a intimidade surge na realidade intradiegética como rede de signos por meio dos quais se estabelecem espaços de exclusividade. Estes se revelam como importantes coordenadas para a autopercepção das personagens e para a produção de sentido.
Seção
SEÇÃO LIVRE