EDUCAÇÃO E PATRIMÔNIO: UMA CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE

Maria Socorro Soares dos Santos

Resumo


O presente trabalho é uma síntese da monografia de conclusão do curso de História (UFS), a qual relata e analisa a experiência de aplicabilidade da metodologia da Educação Patrimonial. O objeto patrimonial explorado nesta pesquisa-ação foi a Igreja Nossa Senhora do Socorro, em Tomar do Geru/SE (2006), que está localizada na Praça Matriz da sede do município, erguida na segunda metade do século XVII. Monumento em estilo barroco, exemplar da mentalidade ibero-americana e patrimônio cultural de Sergipe. Tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), desde 1943. Em virtude do potencial histórico e do distanciamento dos alunos da 8ª série da Escola Agrícola “Dr. Albano Franco” em relação à igreja enquanto elemento da identidade cultural faz-se necessário demonstrar a importância da mesma como bem patrimonial reforçando a autoestima dos referidos educandos. O objetivo foi utilizar o potencial do patrimônio cultural da igreja para evidenciar aos educandos que a valorização dos traços culturais da comunidade é importante para a construção da identidade cultural merecedora de preservação. A metodologia aplicada foi a da Educação patrimonial, ações de cunho pedagógico centrado no patrimônio cultural como fonte primária de conhecimento e enriquecimento individual e coletivo. Assim, esta pesquisa constitui-se em uma pesquisa-participante, com a colaboração dos professores e alunos da turma referida na construção de atividades interdisciplinares que partiram do monumento como peça chave do processo educativo e não como mera ilustração de aulas. Logo, evidenciamos para os pesquisados-participantes, que a valorização dos traços culturais locais é importante para a construção da identidade. Contudo, a não apropriação consciente dos bens é fruto da ausência de conhecimento. Dessa forma, o caminho mais eficaz para a transformação dessa realidade está no processo ensino-aprendizagem.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


REVISTA FÓRUM IDENTIDADES
Itabaiana: GEPIADDE. 

ISSN 1982-3916

 

INDEXADORES