A DOMESTICAÇÃO DA ESCOLA KIRIRI: UM ESTUDO COM BASE NA ANTROPOLOGIA HISTÓRICA

Taíse de Jesus Chates

Resumo


Este trabalho tem como objetivo apresentar alguns resultados da pesquisa “A Domesticação da Escola: Uma Etnografia Histórica da Educação e da Escola Kiriri”, em andamento no PPGA-UFBA. A história da escola Kiriri e a domesticação desta por este povo são o foco principal da pesquisa. Assim, discuto a noção de “domesticação” à luz da antropologia histórica, com foco na análise de processos educativos. A percepção dos indígenas enquanto sujeitos históricos é enfatizada a partir da adoção de tal noção. A leitura crítica de diversos conceitos se torna indispensável para o desencadeamento do trabalho, tais como escola indígena intercultural, diferenciada e bilíngue. Devido à minha participação no Observatório da Educação Escolar Indígena – núcleo local do território etnoeducacional Nordeste I, amplio o olhar sobre o objeto, dialogando tanto com a literatura etnológica quanto com outras áreas do conhecimento.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


REVISTA FÓRUM IDENTIDADES
Itabaiana: GEPIADDE. 

ISSN 1982-3916

 

INDEXADORES