ANDROGINIA REVISITADA: o amor entre orlando e sasha em orlando: a biography, de virginia woolf

  • Fabiana Gomes de Assis
  • Ildney Cavalcanti

Resumo

Neste artigo apresentamos uma análise das personagens Orlando e Sasha, da obra Orlando: a biography (1928) de Virginia Woolf, tendo em vista a função do vestuário na narrativa. Partimos da observação de que suas identidades fogem às normas de gênero instituídas culturalmente como coerentes para situarem-se no entrelugar. A partir da relação amorosa entre ambas, analisamos a androginia como consequência da configuração indumentária, visto que é por meio desta que essas personagens se tornam ambíguas na narrativa de Woolf. Com base nesta análise, argumentamos que o vestuário é um dos principais elementos narrativos que agem para a problematização das construções de gênero levadas a efeito no romance de Woolf.
Seção
DOSSIÊ: QUESTÕES DE GÊNERO E SEXUALIDADE NA EDUCAÇÃO E LITERATURA