A IDENTIDADE DO NARRADOR EM FRANCISCO DANTAS

  • Joseana Souza da Fonsêca

Resumo

Este artigo analisa como Francisco Dantas compõe a(s) identidades(s) do narrador de seus textos e qual a relação desta persona como a crítica social eminente nos textos desse escritor. As teorias de Dal Farra (1978) e Chiappini (1997) sobre o narrador e o foco narrativo, bem como as de Foucault (2002) e Bakhtin (2006) a respeito das relações sujeito/poder e de Bauman (2005)sobre o processo de construção identitário sustentam os conceitos do estudo.
Seção
SEÇÃO LIVRE