A FANTASIA NO CONTO CLARICEANO RESTOS DO CARNAVAL

  • Juliana Andrade de Moráes

Resumo

Trata-se de uma análise biográfica e da crítica cultural do conto Restos do
Carnaval, contido na obra clariceana Felicidade Clandestina (1998). Objetivamos discutir como as questões da identidade de gênero e da alteridade perpassam a ficção de Clarice Lispector e sua biografia. Desta forma, selecionamos o conto analisado. Com isso, identificamos questões de gênero e da alteridade que estão presentes na narrativa.

Seção
SEÇÃO LIVRE