O (IN) DIZÍVEL SOBRE O AMOR

  • Paula Rúbia Oliveira do Vale Alves

Resumo

Neste trabalho pretende-se articular a concepção de Barthes da dupla natureza daliteratura e alguns recortes da teoria psicanalítica ao caráter mítico do amor, ilustrando com aanálise do conto “O noivo” de Lygia Fagundes Telles. Ao final, compreende-se que o amor,enquanto experiência vivida inapreensível pelo conhecimento racional, motiva escritores eestudiosos a não cessar de tentar dizê-lo e compreendê-lo, constituindo um tema universalinesgotável nas mais diversas áreas do conhecimento.
Seção
SEÇÃO LIVRE