O CORPO NA COMUNIDADE KARAJÁ: DIÁLOGOS COM A INDÚSTRIA CULTURAL

  • Ana Paula de Melo Silva
  • Tadeu João Ribeiro Baptista

Resumo

Esta pesquisa teve início em 2011, em uma monografia de final de curso, sendo esta continuada a partir de leituras e tentativas de saturação de determinações sobre uma etnia de suma importância para Goiás e Tocantins especificamente, não sendo indiferente nos significados históricos para o mundo. Esta é a tentativa de interpretação da lida com o corpo do povo Karajá, analisadas pelas relações índios – índios, índios – não-índios, não-índios – índios e não-índios – não-índios, a partir daí sendo estabelecidas algumas análises. Este estudo traz também perspectivas históricas do corpo, e apresenta alguns diálogos do corpo com a cultura, com a história, e com o próprio corpo.
Seção
DOSSIÊ: EDUCAÇÃO INDÍGENA INTERCULTURAL: ABORDAGENS POLÍTICAS E PEDAGÓGICAS NA ATUALIDADE BRASILEIRA