TORNAR-SE PROFESSOR/A DE MATEMÁTICA: ALGUMAS REFLEXÕES SOBRE A CONSTITUIÇÃO DA IDENTIDADE DOCENTE

  • Ilvanete dos Santos de Souza
  • Maria Batista Lima

Resumo

A formação do/a professor/a se constitui em múltiplos espaços de interações, primordiais na constituição da identidade docente. Por outro lado, à formação de professores/as em serviço não pode ser vista como uma habilitação pontual e emergencial, mesmo nas áreas das ciências exatas como a Matemática em que o processo de ensino-aprendizagem requer o entendimento de conceitos cruciais, mas também de uma postura didático-pedagógica humana. Mediante esse contexto este trabalho tem como objetivo apresentar e discutir o perfil dos/as professores–alunos/professoras–alunas do curso de Licenciatura em Matemática do PARFOR/UNEB polo Cristópolis-BA.  Trata-se de uma pesquisa qualitativa do tipo estudo de caso. Para levantamento e organização das informações fez-se uso dos seguintes instrumentos: questionário exploratório e uma seção para cada um dos grupos focais A e B. Para análise dos dados optou-se pela Análise do Conteúdo. Entre as considerações que os dados apresentaram destacam-se a identidade do/a professor/a com sua área de formação, a necessidade de se repensar a formação em serviço quanto à organização do tempo condicionado à prática docente e as múltiplas jornadas assumidas por esses/as profissionais.
Seção
Seção Livre