LITERATURAS NEGRA E INDÍGENA E A CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE LEITORA NO ENSINO DE LITERATURA

  • Lorena Faria de Souza

Resumo

O artigo apresenta uma discussão teórica e menciona proposta de ensino realizada no âmbito do Profletras da Universidade Federal de Uberlândia (PROFLETRAS-UFU), a partir da temática das literaturas negra e indígena na ressignificação da identidade leitora de alunos do Ensino Fundamental II. Um dos objetivos do estudo foi investigar como (ou se) a lei federal 11.645/08 vinha sendo trabalhada nas aulas de literatura da escola pesquisada, a fim de proporcionar aos estudantes o conhecimento das identidades e alteridades que constituem os povos negro e indígena, por meio do letramento literário. Após a pesquisa, percebeu-se a grande sub-representação de negros e indígenas nos materiais didáticos, bem como uma visão estereotipada sobre esses grupos no imaginário dos educandos, revelando a necessidade de abordar a diversidade cultural em sala de aula.
Seção
Dossiê: Ensino de literatura e diversidade cultural