ROSA MARIA EGIPCÍACA DA VERA CRUZ: O LADO AVESSO DA HISTÓRIA

  • Cláudia Castanheira

Resumo

Este estudo objetiva tecer algumas considerações acerca do romance Rosa Maria Egipcíaca da Vera Cruz, de Heloísa Maranhão, apontando as relações existentes entre documento histórico e texto ficcional. Por meio da intertextualidade e da carnavalização, o romance realiza,  nos  moldes  da  estética  pós-moderna,  uma  intervenção  na  biografia  da  escrava africana, reinventando, para resgatar, a condição feminina e a realidade histórica do sistema escravocrata ao tempo do Brasil colonial.
Seção
Dossiê: Culturas e Diferenças