ARGUMENTAÇÃO, ENSINO DA LÍNGUA E DISCURSO POLÍTICO

  • Josefa Almeida da Silveira
  • Márcia Regina Curado Pereira Mariano

Resumo

Este trabalho apresenta uma sugestão para a aplicação de atividades para o ensino da língua materna a partir do oral/escrito argumentativo sob a perspectiva teórica dos estudos retóricos e de argumentação de base aristotélica. Objetiva propor o desenvolvimento da capacidade do senso crítico, da leitura reflexiva, da organização das ideias e da competência da comunicação argumentativa, a partir do entendimento de língua enquanto forma de interação, visando à otimização da capacidade de análise e à construção da argumentação no discurso político. Desenvolve-se a partir do contato de alunos do Ensino Fundamental (9º ano) com discursos políticos (observação, comparação e análise do ponto de vista da argumentação; confronto com problemas vivenciados pela população em geral, registros coletados na comunidade; troca de ideias e reflexão acerca do papel do político) e culmina com a produção de uma carta aberta.

Seção
Seção Livre