TIRANIAS DO PAI TOTÊMICO NO ROMANCE DA DAGALDINHA

Antonio Marcos dos Santos Trindade

Resumo


Este artigo estuda as relações entre os gêneros em uma versão do romance A Silvana, presente no Romanceiro Sergipano. Dagaldinha, nome que a romanceira dá à sua versão, foi coligida de D. Josefa Cruz pelo folclorista Jackson da Silva Lima. O artigo mostra o processo de subalternização do gênero feminino sob a tirania do pai totêmico patriarcal. A abordagem recorre, em sua fundamentação, à psicanálise e à crítica feminista, a qual combate os argumentos psicanalíticos, apontadando-os como falocêntricos.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


REVISTA FÓRUM IDENTIDADES
Itabaiana: GEPIADDE. 

ISSN 1982-3916

 

INDEXADORES