LGBTFOBIA NA ESCOLA: IMPLICAÇÕES DA GESTÃO ESCOLAR

  • Émerson Silva Santos
  • Allene Carvalho Lage

Resumo

Este trabalho tem por objetivo apresentar quais as implicações da gestão escolar diante dos processos de LGBTfobia na escola. O percurso metodológico compreendeu uma abordagem qualitativa e coleta de dados através de uma pesquisa bibliográfica a partir das reflexões teóricas de Guacira Lopes Louro, Heloísa Lück, Cleyton Feitosa, entre outros/as autores que discutem, diversidade sexual e identidade de gênero na educação, gestão escolar e LGBTfobia. As conclusões indicaram que no que diz respeito aos processos de violências motivadas por LGBTfobia na escola, a gestão escolar pode ser parte do problema e parte da solução. Pode ser parte do problema quando silencia, é cumplice ou prática violência LGBTfóbica. Por outro lado, pode ser parte da solução quando apura as denúncias, estabelece punições pedagógicas para os/as agressores/as e atua de forma a coibir esse tipo de prática no ambiente escolar.

Seção
Dossiê: LEITURA E INTERTEXTOS IDENTITÁRIOS