TEORIA SOCIAL E IDENTIDADE: BREVE PROSPECTO DOS PENSAMENTOS DE DAVID HARVEY, ULRICH BECK E ANTHONY GIDDENS

  • Allan Veiga

Resumo

O artigo focaliza o modo como a teoria social hodiernamente vem analisando as questões que envolvem a modernidade e sua transitoriedade, através de três obras de alguns dos mais expressivos teóricos da contemporaneidade: David Harvey (1993) com a obra “Condição Pós-moderna”, “Modernização reflexiva: política, tradição e estética na ordem social moderna” de Anthony Giddens e Ulrich Beck (1995), os quais compartilham a autoria com Scott Lash e por fim o livro “Sociedade de risco: rumo a uma outra modernidade” de Ulrich Beck (2010). Para isso tomarei como enfoque o aspecto da identidade na modernidade e na pós-modernidade e suas transformações, pretendendo perceber suas conformações e suas diferenças na perspectiva de distintos pensamentos, explanados pela análise destes autores.

Seção
SEÇÃO LIVRE