MANUEL CORREIA DE ANDRADE E A CONSOLIDAÇÃO DA PÓS-GRADUAÇÃO EM GEOGRAFIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE – BRASIL

MANUEL CORREIA DE ANDRADE AND THE CONSOLIDATION OF THE POST-GRADUATE IN GEOGRAPHY AT THE FEDERAL UNIVERSITY OF SERGIPE – BRAZIL

  • José Wellington Carvalho Vilar Instituto Federal de Sergipe (IFS)

Resumo

Manuel Correia de Andrade é uma referência incontestável na geografia brasileira. Em Sergipe não é diferente e suas contribuições à Pós-graduação, à pesquisa e ao ensino na Universidade Federal de Sergipe (UFS) foram muito grandes e bastante representativas, com marcas indeléveis em toda uma geração de geógrafos e geógrafas. O objetivo do presente texto é destacar o papel do egrégio professor na consolidação dos cursos de Pós-graduação em Geografia da Universidade Federal de Sergipe. Em termos metodológicos, foram feitas consultas aos primeiros relatórios enviados à CAPES pelo então Núcleo de Pós-graduação em Geografia (NPGEO) e entrevistas com professores do atual Programa de Pós-graduação em Geografia (PPGEO) da UFS. Os registros em forma de depoimentos de vários professores da primeira geração do PPGEO, alguns já aposentados, também se mostraram valiosos como fonte de informação e de dados para ilustrar a força das ideias, a coragem do pensamento, a oportunidade da crítica com lastro na História, no Direito e na Filosofia, e a importância aguda das colaborações do Professor Manuel Correia de Andrade no campo da geografia agrária, em especial do campesinato, dos problemas da modernização do campo e da (des)organização do espaço rural no Nordeste brasileiro, temáticas caras ao NPGEO e ao PGGEO da UFS.

Publicado
2022-04-29
Seção
Memória