O que é ser “piauí”? A representação dos migrantes nordestinos em um município paulista (1980-2020)

  • Bruno César Pereira
  • Ancelmo Schörner

Resumo

O presente artigo propõe realizar uma análise da expressão “piauí”, que foi, e é, utilizada cotidianamente para representar migrantes nordestinos no município de Orlândia-SP. Destacaremos que tal expressão foi utilizada, em um primeiro momento, como forma de se referir aos primeiros migrantes que, em sua maioria, possuíam sua naturalidade ligada ao estado do Piaui. Todavia, com o passar dos anos, inúmeros indivíduos realizaram o processo migratório Nordeste-Sudeste, advindos de diferentes Estados nordestinos, mas a forma de se referir ao grupo migrante permaneceu a mesma. Neste sentido, nossa proposta é evidenciar que a expressão “piauí”, cunhada inicialmente para representar um grupo específico de migrantes, se ampliou, seja ao englobar os diferentes migrantes nordestinos, presentes no município, bem como passou a construir um imaginário coletivo do que representava ser um “piauí”, envolvendo uma série generalizações, como o gosto musical, aptidões ao trabalho, entre outras.
Palavras-Chave: Migração Nordestina; Orlândia-SP; Cotidiano; Piaui.

Publicado
2020-09-11